Autores.com.br

EntrarCadastrar-se
Início » Artigos / Textos » Todos Textos
A+ R A-
Enviado por: JEOVANE
JEOVANE

RESENHA DO FILME A MISSÃO

Enviar por e-mail
Filme: A Missão. Reino Unido 1986. Duração 124 min.

Direção Roland Joffe.

O diretor Roland Joffe no filme A Missão inicia mostrando a crueldade e ignorância de uma tribo indígena que vivia nas matas de difícil acesso na América do Sul no século XVIII, pois tinham matado um padre que tentava catequizá-los, mas não faz nenhuma referencia se os índios queriam e se precisavam, pois estes já tinham cultura, religião e trabalho.
Como a intenção da igreja católica era de catequizar e ensinar estes povos foi enviado outro padre que no filme foi interpretado por Jeremy Irons que ao chegar perto da tribo quase foi morto, mas aos poucos ganhou confiança e respeito dos índios.
Nesta época tinham muitos mercenários que saiam à captura de índios para os venderem, o ator Robert de Niro faz brilhantemente o papel de um destes, que tinha atacado e capturado muitos índios, depois que matou seu irmão isolou se, entretanto o padre das missões vai visitá-lo e o convida para ajudá-lo, ele aceita, mas vai pagando penitencia até chegar à tribo, lá, porém recebe o perdão de todos os índios que o reconheceram e mais tarde tornar-se-ia em um jesuíta e defensor desta tribo.
O diretor enfatiza bem a influencia que os índios vão tendo dos jesuítas, muitas cenas mostram fazendo os instrumentos musicais, cabanas para morarem, igrejas, plantações, passam a cultuar os santos católicos louvarem em corais, aos poucos vão aprendendo o idioma dos brancos, tendo aulas religiosas perdendo aos poucos a sua identidade.
As terras chamadas de sete povos das missões onde estes índios viviam eram prósperas e os portugueses e espanhóis estavam de olho por isso sempre entravam em conflitos com os jesuítas que os defendiam. Entretanto a igreja católica abriu mão destas terras, porém os jesuítas não quiseram deixá-la e ficaram do lado dos índios e ambos lutaram com todas as suas forças e armas, mas o que são flechas e arcos contra armas de fogo e canhões, com isso aconteceu uma carnificina de índios e jesuítas e muitas crianças foram mortas sem culpa alguma tudo isso por causa das terras.
O filme inicia mostrando a crueldade dos índios e termina com a crueldade dos portugueses e espanhóis que mataram muitos por causa de terras e o abandono da igreja católica para com os jesuítas e os índios que antas serviam os seus interesses, mas depois foram abandonados. Devido a isso gostaria de indicar este filme para todos os portugueses, espanhóis e os líderes católicos.

Comments

:lol:
Apresento esta semana um plano de aula sobre este filme, e li a sua resenha antes de vê-lo. Concordo em muitas partes, pois retrtatou bem o quanto a política e interesses eram mais caras à Igreja Católica da época do que a pregação do Evangelho, e como portugueses e espanhóis foram extremamente a favor de seus "direitos", tratando os indígenas como animais a serem treinados,e não pessoas com alma e inteligência.

Milady 28-06-2009 13:55 #3

oi tudo bem?
concordo com vc o homem tem mudado muito.
e a igreja como é formada por pessoas sofrem essas influência.
obrigado pelo o comentário.
até o próximo.

JEOVANE 11-01-2009 15:58 #2

è que a maldade não está só na igreja, simplesmente. Está entranhada no homem. Independe de raça, de cor, de idiona, de nacionalidade! Resenha excelente! Abraços!

mvieiraa 17-10-2008 23:00 #1

Entrar