Autores.com.br

EntrarCadastrar-se
Início » Artigos / Textos » Todos Textos
A+ R A-
Todos Textos

Todos Textos » Literatura » Prosa Poética

Prosa Poética

É uma prosa em clima lírico mas que, diferente da poesia, não se prende à regras como métrica ou rimas. É escrita em linhas longas(uma prosa) e, em geral, visa provocar um forte efeito emocional no leitor.

Autores de Prosa Poética: Cruz e Souza, Mário Quintana

Resultados 1 - 10 de 1676

Literatura/Prosa Poética
Autor:David Santos
Palavras descrevem muitas coisas Mas não podem descrever o amor Não por esse não poder ser dito Ou menos ainda por não poder ser lido   Palavras não descrevem o amor Pois mesmo todas as palavras do mundo Não são capazes de mostrar algo Algo que está além do visível  ...
Quarta, 22 Outubro 2014 | 8 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Maria Antonieta D.
A garota que sentava ao seu lado, há uns dois anos, era completamente abobalhada e carente. Talvez ela não quisesse, mas precisasse de atenção. E você fez questão de paparicá-la. Antes de se sentar ao seu lado ela sentava entre duas cadeiras vazias, as quais você não ocupava. Ela deixava...
Terça, 21 Outubro 2014 | 30 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Wellington
Uma vida após vários desencontros, um encontro após uma vida desencontrada, um momento único, unicamente dois corpos envoltos em si mesmos, ambos sussurrando silenciosamente, com olhares gritantes em êxtase, um só corpo derretendo...   Sabores nos corpos, corpos encharcados do...
Domingo, 19 Outubro 2014 | 163 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Maria Antonieta D.
A garota que vivia uma rua depois da sua, naquela época, era baixinha, com cabelos castanhos compridos, olhos grandes cor de chocolate e um sorriso derretido. Ela era uma garota comum, apesar de tudo, mesmo vivendo uma rua depois da sua. Ela tinha um irmão pequenininho, muito parecido com...
Qui, 16 Outubro 2014 | 43 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:neide himenes
A noite chegou Escureceu Jogou seu manto, e cobriu toda a cidade Ao alto, uma pequena estrela desponta, tímida, meio preguiçosa, como um pontinho de luz A lua...onde está a lua? Permanece escondida, permitindo assim que a noite  seja mais escura. É hora do silêncio O...
Sábado, 11 Outubro 2014 | 20 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Elisa
Eis-me aqui novamente, na pequena morte a te aguardar Será que vens? Numa linguagem antiga onde as rosas sempre eram rosadas E amor um mistério a ser sempre definido naquele dia Nunca havia certezas Mas eram as incertezas e as imprecauções, os modos sutis de amar e viver naqueles...
Terça, 30 Setembro 2014 | 81 ace | 1 Comentário |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:celinavasques
As vezes sonhamos além das estrelas... mas além das estrelas nos é proibido sonhar...assim como, alcançar a plenitude dos sentimentos guardados em algum lugar que não sabemos ....o desconhecido...mergulhado em nossos sonhos e que de alguma maneira precisamos encontrar para poder viver e...
Segunda, 08 Setembro 2014 | 35 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:José Luiz de Carvalho
Quando jovem ele queria ser bonito, bom de prosa e sedutor. Ambição descabida ou anseio comum? Pensava também em dinheiro, é claro! Talvez por ver nele a solução para corrigir o que o destino lhe havia negado.   Por anos a insatisfação com seus traços faciais desgastou sua...
Sábado, 23 Agosto 2014 | 30 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:José Luiz de Carvalho
Calça, camisa, vestido, sutiã, luva, tudo soa bem. Pulôver, Suave e aconchegante palavra. Como, aliás, precisa  ser o objeto por ela representado.   Agora repita comigo:  cueca! Puff!!  Adeus romantismo! A inseparável aliada do sexo forte, tão maltratada...
Sábado, 23 Agosto 2014 | 22 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:waldyr vicente da costa
pense , olha e pense mesmo  porque se estatizar   você não é freira   pra se em clausurar  xx com esse  teu belo sorriso  iludindo seu própio ser  olha o conciênte reclama  esta triste por vocè  xxx volte e reabra a porta   que um dia a trancou  a...
Qui, 21 Agosto 2014 | 132 ace | 14 Comentários |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais

Página 1 de 168

Entrar