Autores.com.br

EntrarCadastrar-se
Início » Artigos / Textos » Todos Textos
A+ R A-
Todos Textos

Todos Textos » Literatura » Prosa Poética

Prosa Poética

É uma prosa em clima lírico mas que, diferente da poesia, não se prende à regras como métrica ou rimas. É escrita em linhas longas(uma prosa) e, em geral, visa provocar um forte efeito emocional no leitor.

Autores de Prosa Poética: Cruz e Souza, Mário Quintana

Resultados 1 - 10 de 1683

Literatura/Prosa Poética
Autor:Wellington
Todos os dias quando entro no ringue da vida, você me leva a nocaute apenas com seu sorriso. Todo santo dias sou nocauteado por lagrimas que insistem em sair descontroladamente por meus olhos e rolam por minha face, algumas assentam em meus lábios seu gosto amargo, outra aconchegam-se em minha...
Domingo, 16 Novembro 2014 | 32 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Luciano dos Santos D'Nantuia Charieth
Somos um nesse momento, enrolados, entrelaçados , braços e pernas. Dedos hábeis no tocar. Degustação. Língua, dentes, narinas ofegantes farejam o amor, exploram a libido  agindo sem censuras. A temperatura aumenta  e o suor facilita as carícias. A cama vibra,...
Qui, 13 Novembro 2014 | 53 ace | 2 Comentários |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:José Luiz de Carvalho
Vivo me equilibrando entre a ambição que sustenta, E a vaidade que destrói. Entre o desejo da efêmera fama, E o pecado de ignorar a grandiosidade das coisas simples.   Meteram em minha cabeça. Que o sentido da vida reside em realizar. De preferência, grandes obras....
Quarta, 12 Novembro 2014 | 84 ace | 3 Comentários |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:José Luiz de Carvalho
Ninguém alcança existir sem gerar alguma imundice. Material ou não. Mas é impossível a tudo dar fim, prontamente. Resta fechar os olhos. Vilipendiar as migalhas do entorno. E desviar da psicose.   Aos mais ardilosos, sensíveis ou preguiçosos: A magia do tapete. Capaz de...
Quarta, 12 Novembro 2014 | 68 ace | 1 Comentário |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:José Luiz de Carvalho
O instante do abandono não é o momento da partida. Ocorre, de fato, ao mais leve desejo de afastamento. Quando a presença agita e perturba o espírito. E respirar o mesmo ar torna-se sufocante.   O instante do abandono é quando o passado parece não ter existido. E ao futuro se...
Quarta, 12 Novembro 2014 | 68 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Isadora
    Nossos beijos aqueles beijos, tão quentes e molhados. Ouso sua risada nas paredes do meu quarto. Seus gracejos, seus cabelos, meu piso tem seus passos, pequeninos delicados, vagarosos sem jeito. Sua doçura, amargura, sua raiva, minha raiva, estão ali logo ali do outro lado do meu quarto....
Segunda, 10 Novembro 2014 | 41 ace | 1 Comentário |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Isadora
    Ela fechou o zíper da calça azul royal, deslizou uma camisa preta por sua pele delicada, prendeu os cabelos louros em um elegante coque e colocou as escuras botas de cowboy. Pintou os lábios com um vermelho sedutor que eram entrelaçados com seu olhar marcante.      Entrando em uma...
Segunda, 10 Novembro 2014 | 38 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:neide himenes
                Dançam os querubins, os anjos com suas liras e os-   minotáuros galgando a planicie, com suas flautas entoam-  linda e, suave melodia.          Pássaros sobrevoam suas cabeças.          Flores delicadas e, coloridas enfeitam esse palco-...
Sexta, 31 Outubro 2014 | 55 ace | 1 Comentário |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:David Santos
Palavras descrevem muitas coisas Mas não podem descrever o amor Não por esse não poder ser dito Ou menos ainda por não poder ser lido   Palavras não descrevem o amor Pois mesmo todas as palavras do mundo Não são capazes de mostrar algo Algo que está além do visível  ...
Quarta, 22 Outubro 2014 | 110 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Literatura/Prosa Poética
Autor:Maria Antonieta D.
A garota que sentava ao seu lado, há uns dois anos, era completamente abobalhada e carente. Talvez ela não quisesse, mas precisasse de atenção. E você fez questão de paparicá-la. Antes de se sentar ao seu lado ela sentava entre duas cadeiras vazias, as quais você não ocupava. Ela deixava...
Terça, 21 Outubro 2014 | 75 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais

Página 1 de 169

Entrar