Autores.com.br

EntrarCadastrar-se
Início » Artigos / Textos » Todos Textos
A+ R A-
Todos Textos

Todos Textos » Crônicas » Crônicas

Crônicas

Crônica é um texto escrito na primeira pessoa como se o autor mantivesse um diálogo com o leitor, a quem expõe sua opinião ou discursa sobre fatos do cotidiano da vida real das pessoas, usando uma linguagem coloquial, espontânea e objetiva, situada entre a oral e a literária. Trata-se da narrativa de um ou mais acontecimentos em um determinado espaço de tempo e tem poucos ou nenhum personagem. Pode ser crítica, reflexiva, irônica ou bem humorada.

Até os dias de hoje o termo crônica é atribuído aos noticiários de jornal.

Cronistas: Machado de Assis, José de Alencar, Carlos Drumond de Andrade, Rubem Braga e Luís Fernando Veríssimo.

Resultados 1 - 10 de 4048

Crônicas/Crônicas
Autor:solange
E tem também essa coisa de obter sucesso, conquistar o lugar ao sol, viver em sociedade, ser leal, gentil, amar o próximo, pintar a vida de cor de rosa. Tem que maquiar as máscaras, decorar as falas e garantir os aplausos. E tem também a maré puxando para o lado contrário. Tem o...
Domingo, 05 Abril 2015 | 217 ace | 6 Comentários |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:Dandara Vital
Ai você sai para curtir a balada, disposta a viver o que vier e ser feliz, com responsabilidade. E você reúne bons amigos, bebe, dança, e quando pinta aquele gatinho, dá uma fugidinha para curtir, até rola uma boa química, mas vocês não ficam a noite toda, acaba rolando outro, e outro... A...
Sábado, 04 Abril 2015 | 115 ace | 2 Comentários |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:Jéssyca Manzoli Albernaz
Esperar um sinal nunca foi tão difícil. Você já acordou no meio da noite imaginando como seria se meus braços estivessem contornando seu ventre? Por que o amor tem de ser tão labiríntico? Hoje senti uma falta que há muito tempo eu não sentia de nada. Senti a sua ausência não só na...
Qui, 02 Abril 2015 | 105 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:EXTREMÓFILO
          "Índios", àqueles sim saudáveis (até a nossa chegada) tanto físico quanto mentalmente. Seres em harmonia com a natureza, sustentáveis em sua leveza, cujo trecho acima faz parte de uma música do grande Renato Russo, onde ele canta as mazelas que o civilizado impõe às tribos....
Segunda, 30 Março 2015 | 104 ace | 1 Comentário |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:Julio Soares
No verão de 2015, eu apresentei duas crônicas no S.A.K. (Sociedade de Astronomia Kepleriana), uma crônica a mais que os outros quatro escritores e duas a mais que todos os outros naquele ano. Eu sempre gostei de astronomia e foi uma honra estar num palco daquele clube. Sem querer me gabar,...
Domingo, 29 Março 2015 | 86 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:vanderlei marcos
 A primeira vez em que fui ateu eu ainda era criança. Na Estrada Geral onde eu morava, em cima de um morro cercado por grande vegentação; havia uma capela. Tinha eu então uns 10 anos de idade, subi a estrada de barro que levava até a Igreja, que já existia a uns 30 anos, isso em 1976. Pela...
Domingo, 29 Março 2015 | 99 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:EXTREMÓFILO
           Condomínio Privê Maria Eduarda, nome pomposo da comunidade onde resido há dezoito anos, portanto quase duas décadas. Até três anos atrás morava no apartamento 301 do bloco C(composto de mais dois blocos) e no presente momento estou no 302, vizinho àquele.           ...
Sexta, 27 Março 2015 | 93 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:EXTREMÓFILO
       Confesso! Mesmo que seja contraproducente esta afirmação de um cronista em começo de carreira, um anônimo escritor de botequim, "se eu às possuísse nelas mamaria despudoradamente!" Entre aspas só para realçar, nada mais.          Afinal, há coisa melhor do que "tetas"?...
Sexta, 27 Março 2015 | 97 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:Julio Soares
Numa tarde comum com um belo céu cinza, a melancolia rodeava todos os lados das paredes que se podia observar. E é nessa tarde que um personagem mais se destacou: minha Casa. Em meio a crise financeira que nos rodeava, uma tarde melancólica é muito mal vinda, e ele veio com todos os seus...
Terça, 24 Março 2015 | 79 ace | 1 Comentário |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais
Crônicas/Crônicas
Autor:Fernanda Wagner
Quando se faz tudo o que se pode, e quando se sobe um degrau – mesmo que não tenha dado certo. Valeu a tentativa, valeu o esforço, o empenho, as dores e as não dores. Valeu o aperto de mão não dado, o riso entorpecido, o drama em si que nos tornamos. Valeu tudo, desde que o degrau seja um...
Terça, 24 Março 2015 | 74 ace |  Enviar por e-mail | Relatar | Leia mais

Página 1 de 405

Entrar