person_outline



search

A dor de quem se foi.

Perder é sempre muito ruim e doloroso . São poucas as pessoas que encontram a felicidade na perda. Ultimamente tenho perdido muito. Muitos "amigos" (eu diria colegas de Facul), muitas notas na faculdade, muitas possibilidades de festas, perdido pessoas que agora estão junto a Deus e principalmente, perdido um amor. Dessas perdas a que me doeu mais foi a última. Perder um amor, diga-se de passagem que embora nao correspondido, é uma situação extremamente angustiante, causa dor, dor e dor. Quando se inicia um relacionamento muitos são os planos feitos em nossa mente. Idealizamos uma pessoa que embora seus olhos vejam ela não exista, e justificamos fatos ou pelo menos procuramos motivos para justificar o quão defeituosa a pessoa é. E, de fato estamos tao sufocados por esse sentimento que eu ainda nao consegui definir, no qual o chamam de amor, que acreditamos que aquela pessoa é a ideal. As promessas de amizade verdadeira e eterna são feitas, os juramentos de cumplicidade são mascarosamente jurados todos os dias, o falso sentimento do "gostar muito" é cada vez mais pressionado em nossas cabeças, e de lá, para o coração. Depois de muito conhecer, muito ajudar e aceitar o defeito que o outro tem você se vê apaixonado e vai levando o relacionamento a diante. Então, a pessoa se vai. Fica a dor da perda. Fica a saudade. Fica o Amor. E o que faremos com isso? Comeremos muito chocolate durante uma semana, choraremos sempre ao escultar "aquela musica", mesmo que isso seja dentro de um táxi-lotação, beberemos até cair no chão e um amigo nos puxar pela cabeça e dizer: Levanta! Ai você se levanta, e vai para a casa. Começa a chorar é claro, mas tem a certeza, que mesmo que seu "amor" tenha ido o sentimento ficou. E o que verdadeiramente importa é isso. É fecharmos os olhos quando uma suave brisa passa no fim da tarde e sentir a presença daquela pessoa contigo, e realmente ela está. Dentro do seu coração. De fato se isso for bom e te fizer bem é que o "amor", mesmo estando escrito em aspas, aconteceu. E que por um tempo, não importa quanto, você foi feliz. Me recordo de um dia em que eu estava muito triste e, curiosamente fui ate o Google e pesquisei uma mensagem de despedida de um amor. Me deparei com um texto de Martha Medeiros, no qual postarei abaixo. Realmente ele me ajudou muito e me fez perceber o quão feliz eu fui ao lado de alguem que se foi. Só me resta agora a dor, A dor de quem se foi.

Pin It
Atualizado em: Ter 26 Nov 2013

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222