person_outline



search

Criminal Minds

A Volta de Criminal Minds, no episódio intitulado “Nameless, Faceless” que inicia a quinta temporada é dividido em dois núcleos o primeiro é o caso do Dr. Barton um traumatologista, que esta sendo ameaçado por JC um serial Killer que já matou dois latinos e ameaça a vida de seu filho Jeffrey.

Dr. Barton esta com o Dr. Spencer Reid e a agente Emily em sua casa para encaixar as peças e fazer o perfil do assassino, Criminal Minds lidera as séries policiais com seus agentes, quando o assunto é traçar o perfil do assassino, é impressionante como o roteiro é muito bem escrito e este detalhe sobre as características do assassino fica solta e vai se encaixando no decorrer do episodio, este é um dos ingredientes chave do sucesso desta série.

O restante da equipe esta na escola do filho do Dr. Barton para protegê-lo e tentar encontrar o assassino com cenas de muito movimento no corredor tenta trazer um dinamismo para a cena, mas não consegue muito por não ter cortes de câmeras rápidos e bem encaixados, se tivesse usado cortes rápidos como o diretor Michael Bay, com certeza teriam conseguido um efeito bem melhor, este foi o único ponto negativo do episodio

Enquanto isto Jennifer Jareau cansa de esperar o retorno de Aaron Hotchner e resolve ir a casa dele, ao chegar encontra a porta aberta e sangue no chão imediatamente ela liga para Penélope Garcia e começam a busca até chegar ao hospital St. Sebastian e descobrem que Hotch foi deixado por Derek, JJ já mata de cara que foi o Ceifador que deixou Hotch no hospital, já que na temporada anterior o Ceifador tirou a credencial de Derek, esta parte divide o episódio e fica mais eletrizante, já que o Ceifador é anunciado e ninguém sabe qual ser o seu próximo passo.

Dr. Reid é avisado sobre Hotch, e ele vai acompanhar o Dr. Barton para buscar o seu filho na escola para não fugir da rotina, enquanto ele decide ir e esta no telefone ele recebe a noticia de JJ que descobre o significado do nome do assassino LC significa “Living Children” (criança viva) que é o nome de um processo administrativo que esta ligado diretamente a morte de Jason Meyers, vitima de um acidente de carro que já chegou morto ao hospital e seu pai Patrick Meyers culpa o Dr. Pela morte do seu filho, ao descobrirem o significado de LC e que LC é Patrick, Dr. Barton e Dr. Reid saem de casa rumo à escola ao abrirem a porta Patrick esta do lado de fora disposto a matar Dr. Barton, ao disparar contra ele, Dr. Reid salta e salva Dr. Barton, mas Reid é alvejado na perna, e começam aquele dialogo clássico de arrependimento e confissão entre moçinho e bandido, mas Patrick esta disposto a terminar o serviço, e aponta a arma para eles, Dr. Reid não hesita e dispara contra Patrick, a policia chega como era esperado, e salvam Patrick o prendem e pensamos que o episódio acabou bem e tudo resolvido, mas ainda há o Ceifador (Foyet) e sua troca com Houtch, Foyet sempre faz uma troca com suas vitimas, no caso de Houtch foi deixada uma foto em sua carteira e retirada uma página de sua agenda, na letra B aonde esta Haley Brooks, mãe do seu filho Jack e a foto que foi deixada era de Haley e Jack, a equipe vai atrás dos dois que são encontrados bem e levados ao hospital, aonde são esclarecidos da volta do Ceifador, e que terão que se esconder enquanto o mesmo não é capturado.

David Rossi visita Houtch e lembra de sua importância na equipe, que já foi muito bem pincelada no episódio Brothers in Arms da 4º temporada, aonde percebemos como ele funciona com um elo na equipe, direcionando de maneira única, o seu trabalho foi visto no Nameless e Faceless, mesmo sem liderar a equipe os agentes consegue solucionar os obstáculos impostos de maneira magistral.

O episódio do dia 23 deu o acabamento que faltava para a busca do Ceifador, o visual sinistro do Ceifador causa um suspense único, ele dialogando com Hotch com a faca na mão foi um acerto de Charles S. Carroll, que seguiu um estilo mais Joe Charbanic que me fez lembrar o The Watcher, espero que o Ceifador não seja capturado de início, este vilão que só engrandece e do equilíbrio a série.


Pin It
Atualizado em: Sáb 24 Out 2009

Comentários  

#3 tania_martins 31-12-2009 01:06
Boa crítica.
#2 rackel 29-11-2009 16:41
Bom texto.
#1 Abreu 12-11-2009 19:52
Já tinha lido matéria sobre essa série, onde agentes do FBI, capacitados e especializados tentam se antecipar, analisando os perfis dos mais temidos serial killers.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222