person_outline



search

LIVRE

Eu andava cego sem direção,
Seguia por caminhos tortuosos,
Pisava os espinhos que me rasgavam,
Carregava as pálpebras sempre cansadas,
Suspirava tristeza em todo redor,
Plantava o vazio e só colhia ilusão,
Levava uma vida sem cor,
Sentia-me preso e humilhado no cativeiro,
Tinha a alma ferida e, morto, não tinha sonhos,
Até que, certo dia, alguém me trouxe a notícia,
Ergui  meus olhos para a cruz do Calvário,
Pois Deus me havia chamado e me levado ao Libertador,
Arrependido, meditei, clamei e chorei,
Jesus quebrou as correntes da opressão,
Me renovou, ressuscitou, me deu esperança e me libertou,
Ele derramou em mim sua promessa,
E purificou o meu coração com seu amor,
Agora, feliz e livre estou, 
Cantando e louvando ao eterno Senhor Jesus Cristo.

 

Livre

Pin It
Atualizado em: Qua 17 Jun 2015

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222