person_outline



search

Lendas das Hóstias Que Viraram Sangue

No mundo inteiro existem muitas lendas sobre hóstias que viraram sangue , leremos algumas delas abaixo :

A Beata e a Gótica

Rita era uma viúva muito religiosa que morava numa cidade do interior do Brasil . Ela estava passando por um problema : Leila , a sua única filha , virou gótica e passou a freqüentar uma seita satanista .
Um certo dia , durante a confissão na igreja , esta senhora explicou a sua situação para o padre , que aconselhou esta mulher a dialogar com sua filha e a orar muito . Porém estas atitudes não adiantavam , pois Leila estava cada vez mais estranha .
Na última missa de um domingo , a gótica apareceu na fila da comunhão . Mas , quando o sacerdote colocou a hóstia nas mãos desta garota , a partícula sagrada virou sangue . Assim os fiéis ficaram assustados e a menina saiu correndo .
Quando Rita soube do acontecimento rezou para a Santa Rita de Cássia pedindo a cura para a sua filha .
No dia seguinte , Leila apareceu vestida de branco e confessou para a sua mãe que não era mais satanista e que teve a idéia de comungar para roubar a hóstia com intenção de levar a partícula sagrada para um ritual satânico . Pois nas missas negras há um ritual em que hóstias benzidas são utilizadas .

Uma Hóstia Para o Beato Doente

Em 1330 na cidade de Siena , na Itália , existia um beato que o povo dizia que fazia milagres . Um certo dia , este rezador adoeceu num vilarejo de difícil acesso . Então ele pediu a presença de um padre para poder comungar . Assim o povo chamou um sacerdote . Antes de chegar ao vilarejo , este padre estava muito apressado e colocou a hóstia dentro do seu livro de orações . Quando chegou no leito do doente , o sacerdote percebeu que a hóstia tinha virado sangue dentro do seu livro de preces . Arrependido , o pároco pediu perdão ao beato . O rezador aceitou a sua confissão , o perdoou e pediu as duas páginas do livro marcadas com o sangue .
Hoje esta relíquia está na Umbria , na Basílica de Santa Rita .

Pin It
Atualizado em: Dom 10 Ago 2008

Comentários  

#6 LuCordeiro 16-01-2009 22:45
Olá!
Gostaria de esclarecer que Jung usou,e os Junguianos usam ainda,imagens arquetípicas provenientes da mitologia.Tb são usados os arquétipos presentes nos contos de fadas e histórias infantis.Nas Lendas Urbanas não consegui identificar arquétipos e,sim,figuras com importância apenas regionalista, mas não tenho conhecimento de mtas Lendas Urbanas. Talvez estejam me faltando dados para melhor opinar.
+3 #5 LuCordeiro 16-01-2009 22:45
Olá!
Gostaria de esclarecer que Jung usou,e os Junguianos usam ainda,imagens arquetípicas provenientes da mitologia.Tb são usados os arquétipos presentes nos contos de fadas e histórias infantis.Nas Lendas Urbanas não consegui identificar arquétipos e,sim,figuras com importância apenas regionalista, mas não tenho conhecimento de mtas Lendas Urbanas. Talvez estejam me faltando dados para melhor opinar.
#4 Alfhonso 28-08-2008 17:46
Lendas urbanas, elas são fantásticas, em minha cidade tem uma da moça que exigiu a sua festa de aniversário, inclusive com baile,só que a data coincidiu com com o feriado de sexta feira santa, resultado:Apareceu no baile um jovem muito bonito de chapéu que chamou a atenção de todas as jovens na festa,e todas insistiam para que ele tirasse o chapéu,ele prometia a todas que à meia noite ele tiraria o chapéu, e na hora prometida ele tirou o chapéu e todas viram um par de chifres em sua cabeça, seguida de uma explosão que deixou um forte cheiro de enxofre no ambiente.
Parabéns.
+5 #3 Alfhonso 28-08-2008 17:46
Lendas urbanas, elas são fantásticas, em minha cidade tem uma da moça que exigiu a sua festa de aniversário, inclusive com baile,só que a data coincidiu com com o feriado de sexta feira santa, resultado:Apareceu no baile um jovem muito bonito de chapéu que chamou a atenção de todas as jovens na festa,e todas insistiam para que ele tirasse o chapéu,ele prometia a todas que à meia noite ele tiraria o chapéu, e na hora prometida ele tirou o chapéu e todas viram um par de chifres em sua cabeça, seguida de uma explosão que deixou um forte cheiro de enxofre no ambiente.
Parabéns.
#2 Hiago R.R. de Queirós 21-08-2008 13:48
Sabe Lu...

Onde eu fui criado as pessoas andam na rua de cabeça baixa e, ao erguerem, percebem que a pessoa da frente está com a nuca aberta por um tiro.

Sabe... o existir é uma coisa tão fasciante, que homens abrem a cabeça de senhoras, e elas acreditam que se tiverem fé, poderão caminhar na rua. Eu tenho fé, mas acredito que que homens têm o poder de suas ações... embora não saia de casa pedidno a Deus proteção entrementes, proteção para o tiro à minha nuca ser desviado... isso, nenhum homem pode fazer... mas ele pode não atirar. Eu não acredito em nada além do homem, porque deus está nele
#1 Hiago R.R. de Queirós 21-08-2008 13:48
Sabe Lu...

Onde eu fui criado as pessoas andam na rua de cabeça baixa e, ao erguerem, percebem que a pessoa da frente está com a nuca aberta por um tiro.

Sabe... o existir é uma coisa tão fasciante, que homens abrem a cabeça de senhoras, e elas acreditam que se tiverem fé, poderão caminhar na rua. Eu tenho fé, mas acredito que que homens têm o poder de suas ações... embora não saia de casa pedidno a Deus proteção entrementes, proteção para o tiro à minha nuca ser desviado... isso, nenhum homem pode fazer... mas ele pode não atirar. Eu não acredito em nada além do homem, porque deus está nele

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222