person_outline



search

Espectros

Cena 1 - O Sol

 

Cecília sozinha no palco, se esconde das luzes encolhida, depois com as mãos, depois com uma só mão e fala: Porque é tão difícil olhar para o Sol? Ele está ali a todo momento, mas nós sempre tentamos desviar o olhar... A dor... Ela se vira. Espera,...(começa a rir meio frenética)eu acho que também é difícil para o Sol, sabe... Sempre que nós estamos por aqui, há sombra. Olha...(começa a correr um pouco pelo palco causando sombra nos focos de luz).Talvez o problema não seja olhar para o Sol...(se vira de costas e mancha a cara de preto)E sim para o nosso negro e sombrio(se vira)espectro.

 

Cena 2 - Reunião

 

Paulo - Pode me passar...

Mãe passa rápido.

Paulo - Obrigado. E também o...

Mãe passa outra coisa.

Paulo - Mas eu não queria isso, eu queria...

Mãe - Você sempre quer algo, Paulo.

Paulo - E não é o normal, as pessoas sempre quererem algo?

Pai faz um barulho e os outros se calam.

Cecília - Porque vocês sempre se calam quando o papai faz isso?

Mãe - Cecília!

Paulo - As vezes eu me pergunto isso também.

Silêncio na mesa, barulho de garfos e facas cortando tensamente.

Paulo - O Gabriel vem almoçar aqui amanhã, tudo bem? Espero que o clima não fique assim, e espero também que não fique pior.

Pai - Quem é Gabriel?

Paulo - Não tenho que desenhar pro senhor para que saiba quem ele é, não é mesmo?

Mãe - Paulo, que maneira de falar é essa, garoto? Tá ficando louco?

Paulo - Quem sabe eu esteja, mãe.

Cecília - Não responde, Paulo.

Paulo - Fica calada, sua estranha. Já te contrataram como retardada mental no mundo em que você vive?

Pai dá um tapa na cara de Paulo. O clima fica tenso na mesa. Cecília começa a chorar. Todos saem, blackout.

 

Cecília aparece no meio da cena tentando olhar pro Sol, segurando uma boneca imaginária e cuidando dela e falando: Olha, desculpa por não falar nos seus olhos. Ou melhor, falar olhando nos seus olhos. Hoje eu vi meu irmão em cima do Gabriel. Ele falou que eles tavam brincando. Eu fui brincar assim com uma amiga, mas minha professora não gostou. Mamãe foi lá no colégio. Papai não foi... ele nunca foi... ele... ele nunca vai. Sabe? Ele nunca... Mas eu não queria falar sobre isso, eu queria era te contar da nova boneca que eu ganhei. Bem, não foi bem que eu ganhei, sabe? Olha ela aqui, tá vendo? Eu perguntei isso para todos aqui de casa, eles dizem que ela é bonita, mas ela não é. Ela é feia, muito feia. E qual o problema disso? Porque ela não pode ser feia?

Pin It
Atualizado em: Sáb 20 Jul 2013

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222