person_outline



search

Passarinhos

alt

Passarinho na gaiola

Cantando sua saudade

Canta tão sentido

Que as vezes parece que chora.


Tantas vezes cantou nos beirais

Nos galhos da amoreira

Tantas, cantou pro céu

Lá na torre da igreja...


O pobrezinho em sua prisão,Não canta, lamenta sua solidão.

Quem pode ser feliz,

Vendo por entre grades

Toda a imensidão?


Gente, não entende, quando ouve um canto assim, triste.

Pensa que ele é feliz com pouco d'água e um punhadinho de alpiste,

Como se ele mesmo só comesse e bebesse

E não precisasse de outros e de tudo que existe.


Passarinho não é gente, mas sente!

E ninguém merece prisão por saber cantar.

Gente não é passarinho e se prende

Quando não entende o que é amar...

Quem dera todos fossem livres...

Pin It
Atualizado em: Dom 14 Out 2012

Comentários  

#4 L_Dzki 05-11-2012 13:04
Arnoldo, tem razão. O amor deveria libertar e não aprisionar, não é mesmo? Um grande abraço e obrigada pela visita. :)
#3 L_Dzki 05-11-2012 13:02
Nikki, você captou sábia guru! rsrsrrs Te adoro. :)
#2 Arnoldo 22-10-2012 15:28
Se gostas de pássaros, deixe-os livres.Parabéns.
#1 xxx 18-10-2012 23:31
Embora não sejamos pássaros, também vivemos em "gaiolas"...
Ah tenho tanta dó dos bichinhos, Leila, mas alguns deles se ficarem fora do cativeiro morrem...
Mundo doido e doído este!
Gosto demais de ler-te, linda de viver esta poesia.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222