person_outline



search

O BEM E O MAL SÃO RELATIVOS

... E se agravam ou se atenuam conforme a condição ambiente. Aquele que pertence à chamada massa anônima da humanidade, isto é, à maioria ignora, é irresponsável em grande número de casos. Os  crimes cometidos por ignorância (Avidyâ) acarretam responsabilidades (Karma) físicas, mas não morais. Temos exemplos dos idiotas, das crianças, dos selvagens, e das pessoas rudes que não sabem discernir as coisas. Mas caso muito diferente é o dos que contraíram um compromisso com o EU SUPERIOR. Não se pode invocar impunemente essa Divina Testemunha; pois, uma vez que colocarmos sob sua tutela, pedimos à Radiante Luz que iluminasse os sombrios recantos do nosso ser. Com isso invocamos conscientemente a justiça Divina do Karma para que anotasse os motivos, espreitasse as nossas ações e inscrevesse tudo em nossa conta. O passo que então devemos é tão irreversível como o da criança que nasce. Nunca mais podemos devolver-nos à matriz de Avidyâ e da irresponsabilidade. Ainda que fugíssemos para s mais longínquas regiões da terra a fim de ocultar-nos da vista dos homens, ou buscássemos o esquecimento no tumulto do torvelinho mundano, ali nos descobriria a Luz do Ego Divino e deixaria em plena claridade os nossos pensamentos, palavras e ações.

Finalmente, lembrai-vos de que apesar de não verdes o Mestre a vossa cabeceira, nem ouvirdes o mais leve rumor no silêncio da noite tranquila, ao vosso lado está a Santa Potestade, a Sagrada Luz que resplandece nas horas de vossas necessidades e aspirações espirituais; e não será por culpa dos MESTRES, nem de sua humilde serva e porta-voz que algum de vós, por maldade ou fraqueza moral, irá divorciar-se dessas potências superiores e deixar-se arrasta no declive que conduz ao Avitchi.

Pin It
Atualizado em: Seg 1 Abr 2013

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222