person_outline



search

Uma tarde.

Algum tempo atrás sentia o amargo sabor do abandono, me perdia por caminhos tortuosos e traiçoeiros, um véu descia sobre meus olhos ofuscando a verdade e a realidade.

Vaguei por dias, fiquei a deriva, esquecido, adormecido em mim mesmo, me esquivei, isolei, ignorei todo e qualquer sentimento que se aproximava, não deixei que me tocasse novamente, fui construindo um espaço, uma lacuna gigantesca de grande profundidade e proporções inimagináveis, me tornei indigno de usufruir novamente daquele sabor doce, daquele aroma suave.

No meu mundo particular eu estava caminhando a passos curtos e velocidade baixa, fui reconstruindo, recriando tudo o que outrora foi abalado, alimentei meu espírito, fortaleci mente e órgãos, e aguardei ansioso pelo momento em que poderia novamente caminhar a dois, o momento em que teria alguém ocupando meus pensamentos, que sentiria novamente o corpo arder só de recordar os momentos juntos.

Numa tarde qualquer de um dia qualquer, um dia como o outro, corria calmo e tranquilo, nessa tarde você chegou, nessa tarde que tudo começou, a partir daquele momento você começou a ocupar seu espaço.Com seu jeito calmo, sereno, seu olhar meigo, gestos carinhosos, sorriso largo estampado, uma vontade absurda da vida, translucido... A magia iniciava e o encanto começou a tomar forma.

A vontade de ter você em meus braços só aumentava e tomava conta, a necessidade de sentir seu corpo, pele, cheiro, calor, sabor ecoava dentro de mim. Necessitava abraçar você, precisava deixar seu corpo bem próximo ao meu, deixar minha pele tocar a sua, sentir a pulsação do seu coração, sua respiração ofegante, seus braços passados pelo meu corpo, num entrelaçar suave, transcorrendo afeto, respeito... A exata sensação de proteção, de entrega.Gosto de olhar em seus olhos e perceber todo seu encanto, seu carisma, e me deixar vagar pela beleza do brilho que eles emitem, poder te tocar, deixar minha mão percorrer seu corpo todo num delinear único, meus dedos transcorrendo sua face numa forma de gravar no meu intimo todo o traçar, esculpindo algo já pronto, minha boca querendo encontrar a sua, e descobrindo todo seu corpo, mãos que se procuram, corpos que se encontram, desejos que se mostram.Momentos passados juntos se eternizaram em minha memória em meu corpo, e me fazem companhia quando estou separado de você, minha pele ainda guarda seu cheiro, minha boca anseia pela sua.
Hoje em meus pensamentos só existe a sua fisionomia, palavras, gestos, olhares, hoje a vontade se faz presente, aquele sabor voltou, o aroma mais suave do que nunca, e o desejo de ter você junto a mim.
Te amo..
By: André Briguenti

Pin It
Atualizado em: Sáb 22 Mar 2014

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222