person_outline



search

O QUE FAZER?

Vai-e-vem de ondas
batendo contra a muralha
e eu perdido em lembranças...

A quase esfinge de Lênin
esculpida no arrecife
parece bradar: o que fazer?

Lembranças de um amanhã que não chegou.

Sonho desfeito como a espuma das ondas.
Pin It
Atualizado em: Dom 29 Mar 2009

Comentários  

#2 Catucha 07-04-2009 12:35
Muito bonita esta sua poesia, um pouco triste mas nos remete a um lugar calmo, ouvindo as ondas do mar a cantar.Parabéns!
+1 #1 Catucha 07-04-2009 12:35
Muito bonita esta sua poesia, um pouco triste mas nos remete a um lugar calmo, ouvindo as ondas do mar a cantar.Parabéns!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222