person_outline



search

Correria na escola

A correria começa depois de um garoto ter sido derrubado dentro da sala de aula na frente de todos os seus amigos, em uma brincadeira sem graça de um colega de classe da quarta série. Não sei se os dois eram atletas de corrida ou se estavam brincando de gato e rato por entre os corredores da escola.
A notícia se espalhou rapidamente pelo pátio do colégio, enquanto um tentava alcançar o outro para iniciar uma briga. Passados longos minutos de um incansável pega-pega, o garoto que havia sido derrubado em sala de aula, finalmente alcançou o outro garoto folgado, para a euforia de todos da escola que já se sentiam em um palco romano, tipo o coliseu; todos estavam esperançosos e animados com a briga que estava prestes a acontecer; só que não!
Os dois garotos tinham um problema em comum; eles sofriam de asma crônica; então ao se aproximarem; já estavam sem forças e sem respirar. Em poucos suspiros, foram ouvidos os pedidos de perdão:
- me desculpe!
- nunca mais farei isso, por favor, perdoe-me!
- não me machuque, me ajudem, eu preciso da minha bombinha de ar!
Do outro lado, também caído, o menino gritou; peguem a minha também! Está na minha mochila, socorro!
Então; tudo mudou; a correria agora era para ajudar os dois meninos que já haviam se entendido ali mesmo. A multidão que acompanhava a briga que não chegou á acontecer, resolveu o problema com rapidez, dando suporte aos garotos que após um bom e velho aperto de mão, foram juntos para a enfermaria da escola dando boas risadas do acontecido.
E os dois ainda saíram ganhando apelidos carinhosos de zezinho e zezão.
Pin It
Atualizado em: Ter 15 Maio 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222