person_outline



search

Olhar no horizonte.

Quando comecei a entender as situações que me rodeiam percebi o quão seriam amargos e tortuosos meu caminho, isso percebi tem uns 15 anos atrás, e a profecia se cumpriu, tantos dias de entrega sem ao menos saber se recebia em troca o que eu proporcionava, tantos dias de eterno e absoluto vazio, apenas aguardando o dia em que essa profecia fosse quebrada e sim eu poderia viver tudo o que eu outrora havia imaginado, criado e alimentado em minha mente, as minhas vontades, e esses dias seriam cheios de encanto, seriedade de caminho sem pedras sem altos e baixos.


Mas enquanto esse dia não chegava eu vivenciava toda a minha luta, me via com olhos de terceiros, ou melhor, não deixava que me vissem, me trancava em meu próprio casulo, lutava sozinho e mostrava aos outros aquilo que eles querem ver.


Dias de desespero, medo, angustia, de muitos por que, esses dias foram se perpetuando dentro desse ser, e a trajetória ainda estava longe de um fim, tantas vezes se excluindo da sociedade, tantas vezes escondendo dentro de mim mesmo para não atingir outros ou para que os outros não fossem atingidos, muitas vezes entendia o que acontecia comigo, com esse ser e outras não me conformava e pra falar a verdade ainda em momentos de minha vida não acho justo tudo isso.


Porem minha vontade de ser feliz e de fazer alguém feliz ainda grita dentro e mim, mas acho que o que eu vejo como sendo felicidade não é o mesmo que as pessoas julgam.Continuo essa caminhada tortuosa, onde obstáculos superados são mais um, e logo a minha frente muitos outros se fazem presentes, mas não me deixo abater pelo cansaço ou pelo medo, apenas sigo em frente sabendo que em dado momento certo no horizonte terá alguém  minha espera com os braços abertos, um sorriso largo na face, com o coração a mil, esse estará a minha espera.


Cada pessoa age da forma que lhe convém, luta com suas próprias forças com as armas que possuem, e o pior de tudo é que julgam os outros, todos nós julgamos isso é um defeito humano, porém, existe uma hora em nossa vida que precisamos colocar em duvida tudo o que achamos que é certo e nesse momento percebemos que precisamos aprender novamente, e isso vai acontecendo aos poucos, pois pra você se desfazer da pessoa de armadura na qual você mesmo se fez, ir tirando uma parte dela, deixando cair uma peça dessa armadura e começar a mostrar quem és de verdade, isso leva um tempo, mas um tempo que no qual você sempre quis e sempre sonhou, sempre quis se mostrar da forma que você queria que fosse e que lutou para ser.


A luta se torna extensa quando se está sozinho, mas, minha nova luta é sem armaduras, sem golpes, sem armas, sem escudo, ela é apenas a luta, a caminhada de alguém de cara pro mundo de olhos questionadores, de mãos que procuram em determinado momento que a caminhada se fizer cansativa essa mão procura o auxilio, procura um apoio, procura alguém para quem olhar do lado e poder se sentir amparado, e até se mostrar um pouco amedrontado, mas essa fortaleza que está ao seu lado lhe mostra que você pode acreditar confiar e que estará ao seu lado nos priores momentos, e isso porque, porque ele acredita em você.

 

Paciência, essa é a palavra, e persistência, se a vida fosse um mar de rosas o que seriam dos espinhos.

 

Pin It
Atualizado em: Sex 28 Mar 2014

Comentários  

#3 AndreBriguenti 13-03-2015 10:30
Querido Arnoldo.
Muito gentil de sua parte dispor de seu tempo para ler meu texto.
Digo que os seus textos são obras.
Obrigado.
#2 AndreBriguenti 13-03-2015 10:29
Querido Arnoldo, muito gentil de sua parte.
Seus textos são lindos.
Obrigado por ter disposto de seu tempo para ler meu texto.
Ótimo final de semana pra ti.
#1 Arnoldo 07-04-2014 16:41
A vida é um caminhos de muitas lutas e é preciso acreditar. Parabéns.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222