person_outline



search

MINHA CONVIVÊNCIA COM APARELHOS AUDITIVOS

Na sua família, alguém usa aparelho auditivo? Se você usa, como foi sua adaptação com eles? Vou contar um pouco de como foi as minhas primeiras experiências, e de quando comecei a usá-los, para ter um contato mais complexo. 

  Como foi antes de ter contato com os aparelhos auditivos? 

 Durante a minha vida escolar, eu já sentia um grande desconforto em relação a minha audição. Quando havia filmes, ou leituras de textos eu não conseguia acompanhar o que era falado, e muitas das vezes deixava de entregar atividades por conta desse problema. Já teve momentos e que os professores brigavam comigo, eu falava uma vez ou outra do que se tratava, mas a maioria achava que era brincadeira. Minha mãe também chegou a ir várias vezes no colégio, e naquele tempo que eu não usava aparelho, eu acabava sempre pedindo a ajuda dos meus amigos (as) para pegar os conteúdos que o professor passava em sala de aula. Eu sentia muita vergonha em falar mais abertamente do problema com alguém próximo, pois não sabia o que iam falar e se iam me compreender. 
  Já em casa, obtive diversas dificuldades também com relação aos sons emitidos em qualquer lugar, e na maioria das vezes quando alguém me chamava, eu não atendia. Diante disso, gerava aqueles pequenos desentendimentos em qualquer hora do dia. Com amigos, não dava muita bola e acabava me distraindo com outras coisas, para recusar de ficar perguntando muitas vezes a mesma coisa, a mesma palavra e também para evitar que nunca ficassem rindo do pequeno problema que eu enfrentava.

   Hoje em dia, depois que passei por todo o processo de encaminhamento médico e tudo mais, eu uso aparelho auditivo por mais de três anos e posso concluir que mudou completamente a minha vida.  Consegui me adaptar melhor com as coisas, consigo compreender o que as pessoas falam, o meu desenvolvimento pessoal também está mais produtivo. Se caso alguma palavra não fique clara, eu sempre peço para a pessoa fale mais declaradamente. Assim, fui perdendo o medo conforme o tempo, acabei me tornando uma pessoa mais tranquila diante de tudo o que passei, e usarei aparelho para a minha vida toda.
Pin It
Atualizado em: Qui 12 Nov 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222