person_outline



search

E a peste e um milhão de seres alados tomaram tudo e todos

- Se na 20ª encarnação de Lug, das Terras Celtas, os Homens não se curvarem à sua vontade, era hora de irem embora desse lugar amaldiçoado – disse Serendipty, mago da Terra Média.

 

- Mas se Sauron continua existindo, não há razão para nós vivermos, mago – redarguiu o homenzinho decrépito e fraco.

 

- Veja e aprenda, ser desprezível.

 

No horizonte, uma nuvem de insetos alados surgiu, veio e passou por cima dos dois. Mas um desses seres, um louva-deus de cinco metros, desceu e agarrou os ombros do homenzinho, que se debatia.

 

Serendipty olhou o homem ser levado e esperou a sua vez. Logo veio, a despeito de sua mágica. Então, gafanhotos vieram e dizimaram a floresta de Árgar.

 

E a Desolação de Smaug, Dain, Esgaroth, o Monte Glandabad, as Montanhas de Mirkwood, Elrond, Ford e as Terras do Leste foram cobertas por um enxame de um milhão de criaturas aladas.

 

E a peste veio e tomou conta de tudo, de todos e por toda a Eternidade.

Pin It
Atualizado em: Seg 6 Out 2014

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222