person_outline



search

Quando Gandalf levou a casa de Bilbo nas costas

Bilbo Baggins estava escrevendo suas memórias, quando Gandalf, o Cinzento assomou à sua porta.

- O que traz aqui, Gandalf?

 

- Nada menos do que Aquele Que Você Esconde, meu velho.

 

- Não sei do que está falando.

 

Gandalf fechou a porta com estrondo, estremecendo o pequeno Hobbit.

- Você... não é meu amigo, se continuar com o Um Anel em sua posse!

 

E Gandalf esticou o seu braço ossudo e encarquilhado, mas forte e apontou a sua bengala de raiz de Silmoria para Bilbo. E pronunciou as palavras mágicas:

- Galgosh, gilberick, ondomoth, karmocilik, dormonialik, sormokal.

 

E Bilbo riu, como nunca, quando Gandalf encolheu, encolheu, até que atingiu o tamanho do próprio Um Anel, que o Hobbit tirou do bolso.

- Agora, venha para cima da mesa, Gandalf.

 

- Nem que me pague cem sacos de ouro, Bilbo! – resmungou o mago, com sua voz apertada e esganiçada.

 

- Por quê?

 

- Porque... por-que... por... – e o mago foi crescendo, crescendo, até atingir o teto. Então, falou:

- Vamos até Rivedell e bebamos uma chávena de café encolhedor, Bilbo, e você joga o Um Anel no lago de águas geladas de Elrond, ok?

 

- Uma coisa antes, Gandalf. Você vai precisar disso.

 

Bilbo tateou por baixo da mesa e tirou uma raiz de mandrágora.

- Agora, use isso, para que possa ver e sentir a verdadeira Iluminação. E pare de me atormentar com o Um Anel.

 

Gandalf se abaixou e levou a raiz à boca. Mastigou-a e... espreguiçou-se, abrindo um buraco no teto da casa de Bilbo.

 

- Da próxima vez, Bilbo! Da próxima, você me dará o Anel – disse Gandalf, levando a casa de Bilbo consigo, ao começar a caminhar para fora do Condado.

Pin It
Atualizado em: Seg 6 Out 2014

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222