person_outline



search

Eu, Deus e o Acaso.

    Eu sou José Severino de Oliveira Machado. Trabalho como agricultor. Estudei o suficiente, considero! O que mais gosto de fazer é contemplar a natureza e, no crepúsculo da noite ficar a observar as estrelas.

    Alguns amigos e filhos dos amigos saíram daqui da terrinha pra “ganhar o mundo”. Mas, alguns acabam voltando. Uma coisa que fazemos muito por aqui onde moro é conversar, prosear. Gostamos muito de trocar ideias, e às vezes conversamos por horas a fio. Alguém me falou que nas cidades grandes as pessoas conversam pelo computador, num sei se é tão bom como nossas conversas cara a cara!

  Como eu disse, alguns que se vão acabam voltando e os que voltam me passam muita coisa interessante da cidade grande. Alguma dessas coisas que só se aprendem nas universidades sabe?!

    Eu não pude ir pra universidade. Tive que trabalhar desde muito moço pra ajudar meus pais. E agora trabalho pra cuidar de esposa e filhos. Num sei se perdi alguma coisa!  Sou feliz e isso que importa. Ah! Eu tenho um defeito, sou muito curioso, num sei se é um defeito, acho que é. Eu presto muito atenção em tudo que os outros me falam, e sou muito questionador, gosto de saber sobre ciência, astronomia, biologia, história, religião, etc. Às vezes eu faço perguntas pra tentar desfazer o nó que da em minha cabeça. E nem sempre os nós são desfeitos. Um dia o Marcos Aurélio me retrucou. O Marquinho é filho de um amigão meu. Ele disse: “Por que você num estudou mais seu Zé?!” Eu simplesmente abaixei a cabeça. E, logo comecei a metralha-lo com minhas perguntas. Eu sou assim, curioso! A além do mais tenho uma grande questão pra resolver.

   Eu já sabia quem era Deus. Isso a gente aprende em casa. Deus é o Senhor. O Todo poderoso. Criador do Universo. O Onipotente. O Todo sábio. Jeová. Iave. Javé. Mas, uma coisa me encasquetava a cabeça. Quem é esse tal de ‘Acaso’ que o filho do João que entrou na faculdade veio falando que criou tudo que existe? Eu tinha que saber mais sobre isso. Então, comecei minha sessão de perguntas! E uma das respostas que me deram foi.

  ”Acaso. Bom! O Acaso podemos dizer que é um resultado Aleatório. É o acontecimento casual. O Imprevisto.” Me disse ele! Mas, eu queria entende-lo melhor já que algumas coisas que nos são tão importantes, como a criação do universo e dos seres vivos por exemplo. Foram atribuídos a ele. Então, mais uma vez eu queria saber, com detalhes, então perguntei: Quais são, então, suas características, ele tem personalidade? Fiquei chocado ao saber que ele não tem características, e não tem personalidade. Não tem forma. Não tem medida de conhecimento, sabedoria, e sentimento algum. Como alguém assim pode ter criado algo tão perfeito? Indaguei por dentro!

   Mas, agora ainda mais encasquetado, eu perguntava a mim mesmo, como esse tal de Acaso conseguiu criar tanta coisa?! O complexo universo e seres vivos tão singulares.

Pin It
Atualizado em: Qua 15 Ago 2012

Comentários  

#13 Nadi 30-12-2013 22:41
Deus é a perfeição Dele mesmo.
Ah, não melhor compreensão Dele do que viver em meio à natureza, é o que teu texto nos retrata.
Parabéns, Fernan.
#12 Marlende 03-10-2013 07:28
Exatamente, excelente descrição e definição, adorei...Paaarabéns !!!
#11 PauloJose 20-07-2013 20:01
onipotente! onipresente!
parabéns.
#10 GeraldoJCostaJr 28-05-2013 11:17
Gostei da crônica. Parabéns.
#9 fernan 21-04-2013 10:32
Obrigado colegas.
#8 PauloJose 03-03-2013 21:17
deus é pai.
divinal o texto.
parabéns.
#7 PauloJose 20-02-2013 00:52
parabéns pela crônica!!!
abraços.
#6 wicos 20-02-2013 00:09
és feliz porque esse DEUS é único e e capaz de tudo parabéns do wicos
#5 azara 04-12-2012 10:41
Muito bom e bem explicado .Deus ,unico e onipotente.Parabens.
#4 tania_martins 05-10-2012 10:37
Parabéns!
Abraços.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222