person_outline



search

ASSALTO

Já passei por experiências do tipo. Numa delas, quando gerenciava um comércio. Tivemos sorte de não acontecer uma tragédia, pois a caixa se apavorou tanto que me preocupou no momento da ação. Depois que os assaltantes se retiraram, tivemos uma longa conversa sobre como agir em situações semelhantes para evitar o pior (até então, eu pensava que todos os funcionários já tivessem sido preparados adequadamente).

Outra experiência foi durante um assalto a ônibus onde fui tomado como refém. O assaltante da porta (enquanto outro se dirigiu ao trocador - prefiro cobrador - para recolher a "féria" acumulada no caixa) apontava seu revólver diretamente para a minha testa. 

Geralmente o da porta (já havia presenciado outros assaltos semelhantes) aponta para o motorista. Este, entretanto, resolveu escolher a mim que estava no banco dianteiro atrás do motorista. 
Incrível como nossos sentidos ficam aguçados na hora do perigo. Eu conseguia ver dentro do cano do revolver e, com riqueza de detalhes, seus dedos no gatilho. Meus instintos me diziam para não perder esses detalhes de vista para reagir instantaneamente em caso de necessidade. 

A adrenalina foi a mil, minha vontade - naquele momento - era pular na garganta dele e esganá-los com minhas próprias mãos (ninguém nos ameaça impunemente)... Ele agia de forma muito firme e segura, com certeza sabia o que fazia. Procurei fazer o mesmo, não deixei minha ansiedade me trair. Mas só relaxei depois que eles saíram do carro. 

A polícia os prendeu logo em seguida. Havia um policial no fundo do ônibus. Ele se comunicou com seus colegas e os meliantes se deram mal. Uma viatura - que por sorte estava muito próxima do ônibus na mesma rodovia – aproximou-se rapidamente do coletivo e o seguiu discretamente até ele parar e deixar os malandros na rodovia. 

Pegaram outra carona imediatamente. Que sorte a deles! Foram direto para um local de descanso depois de um cansativo e estressante "trabalho"!

Pin It
Atualizado em: Sáb 10 Jan 2015

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222