person_outline



search
  • PoEmas
  • Postado em

As Trevas

As trevas caminham.
Sorrateiramente na escuridão.
Todos a conheciam.
Pois estava instalada em seu coração.

Era cruel e implacável.
Sombria e cordial.
A maldade era tanta que se tornava palpável.
Dando-lhe vida no final.

Todos a temiam.
Só pelo relance do seu olhar.
Sua presença era sombria.
Fazia até o mais valente vacilar.

Seu reino era grande.
Seu reinado impecável.
Do seu trono olhava pela grade.
Algo tão bom e agradável.

Apesar da existência miserável.
O povo vivia sem reclamar.
Eles acreditavam que um dia.
Tudo iria melhorar.

POBRES RATOS MISERÁVEIS!
LANCEI-LHES A PIOR DAS MALDIÇOES!
CONTINUEM COM A ESPERANÇA!
ELA SERÁ SUA PERDIÇÃO!

VOSSAS VIDAS SÃO UMA PIADA.
EU VOS CRIEI PARA ME DIVERTIR.
A ESPERANÇA NÃO É AMIGÁVEL.
SÓ TE ILUDE FAZENDO-A SENTIR.

POBRES MISERÁVEIS.
DE VÓS SÓ TENHO DÓ!
NÃO IMPORTA O QUE VOS FAÇAM.
NO FINAL TODOS VIRARAM PÓ.
Pin It
Atualizado em: Seg 8 Ago 2016

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222