person_outline



search

O PODEROSO “REI ALCOOL” QUE, DIANTE DELE, MUITOS SE CURVAM E SEMPRE IRÃO DE SE CURVAR.

Sabemos da sutileza do alcoolismo porque em

Alguma época, quando iniciamos a nobre função de

Goleiros,ou seja,tomadores de goles, constatamos na própria pele

A tal sutileza. Portanto, poderíamos imaginar que esse mesmo álcool

Haveria de ser o nosso maior e mais preocupante problema que, com

Certeza, afetaria a muitos, inclusive a família?Certamente que não!

 

Só Jesus na causa, como dizem alguns. Mas foi assim mesmo. Se

O nosso Poder Superior,Deus, não tivesse tido piedade

De nós, talvez nem estaríamos aqui para contar a nossa história

 

E foi justamente através da nossa“história”, que

Diversos presenciaram, que eles também chegaram à conclusão de que deviam,

A partir da mesma, parar. Baseando-se nisso, os que têm determinação

Realmente, param definitivamente. Já outros, que não a têm e vão protelando,

Deverão sofrer um pouquinho mais até que vejam “com seus próprios olhos” a

Necessidade de parar. Já outros, infelizmente, que são os que não aceitam

A realidade de que têm que parar, se não morreram ainda, estão prestes a morrer pois

 

O álcool, como já foi dito, é onosso inimigo sutil. E já que estamos a falar dessa

Tal de sutiliza, há uma informação interessante postada na Internet que

Realmente deve ser levada em consideração pela veracidade dos fatos

E ai daquele que não pensar sobre o assunto por julgar que“não é com ele”.

Bem sutilmente virá a morrer de uma forma ou de outra.

O álcool é uma palavra de origem árabe que significa SUTIL e

Realmente não há nada mais sutil do que ele. Tem

 

O poder de abocanhar suas vítimas como se fosse uma cobra

Livre que lentamente rasteja, escondida no mato, à espreita. Ninguém inicia

Um vício, como é o caso da bebida, embriagando-se na primeira vez.

As doses vão aumentando pouco a pouco até que a vítima

Possa vir a ser completamente dominada. Não há fronteiras

 

Para as bebidas pois estas podem estar não só nos

Ambientes mais requintados como também em

Uma ‘confraria’ de miseráveis mendigos debaixo das pontes.

Leva o artista à desinibição quando sobe no palco, da mesma forma que

Incita o bandido à coragem para realizar seus crimes. Quando se está

Num frio de ‘doer os ossos’, bebe-se para esquentar e, caso

Haja um calor excessivo, bebe-se para se refrescar e, caso

O estado da pessoa seja de tristeza absoluta, bebe-se para esquecer.

 

O FINAL DE TUDO ISSO... BEM SUTILMENTE? PROBLEMAS E MAIS PROBLEMAS. SE VOCÊ PASSOU PELO PROBLEMA, OU FOI “TESTEMUNHA OCULAR”, SERIA CAPAZ DE DISCORDAR?

Pin It
Atualizado em: Ter 21 Out 2014

Comentários  

#1 PauloJose 01-04-2015 17:55
D.R WILSON DA BOLSA DE VALORES DE NOVA YORK E CIRURGIÃO DR BILL
E O PODER :eek: SUPERIOR.
ABÇ

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222