person_outline



search

CACHACEIRO E POETA... QUEM NÃO FOI QUANDO BEBIA?

Já é do conhecimento de grande parte dos que

Outrora estiveram nas mãos do

Senhor Álcoolque, com ele, ninguém pode. ELE É SUTIL

E SORRATEIRO. Entretanto, o que temos presenciado,

 

Com freqüência, a cada dia que se passa? Pessoas entregando-se

Ao mesmo, e com força, achando que poderão

Realmente dominá-lo. Não é pra dar gargalhada? Só pode ser um

Louco quem pensa assim porque ninguém até hoje conseguiu. Cedo

Ou tarde muitos ficaram sob seu domínio. Outro dia mesmo, um desses que

São sabedores de que o tal senhor já está acabando

 

Com ele, mesmo assim estava dando“uma de poeta”. Ao

Ouvi-lo atentamente, bêbado e com um copo na mão já meio trêmula, pude

Realmente constatar que ali, diante de mim,

Rindo, estava aquele que já poderia ser tachado de louco.

Eis a poesia que citou, não só uma mas várias vezes,

Apesar da voz trêmula também, onde, rindo pra mim mesmo, disse: SÓ

 

JESUS NA CAUSA!“Eu sei que você vai me destruir, mas eu vou te engolir!”

Ora, vi que ele estava realmente louco pelas vezes que repetia a tal poesia mas,

Se não me engano, ele a citou pela metade pois, nas minhas cachaçadas,

Eu também não a citei várias vezes, porém na íntegra?

 

“VOCÊ É PARA MIM E EU SOU PARA TI. EU SEI QUE VOCÊ VAI ME DESTRUIR... MAS EU VOU TE ENGOLIR.”

 

AGORA LHE PERGUNTO: SE VOCÊ SABE QUE ELA VAI “TE DESTRUIR”, PORQUE VOCÊ ESTÁ FALANDO “MAS EU VOU TE ENGOLIR?” TÁ MALUCO, SÔ... QUER QUE EU RIA DE VOCÊ TAMBÉM?

Pin It
Atualizado em: Sáb 4 Jul 2015

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222