person_outline



search

A Rosa Vermelha e a Tiriríca do brejo

Havia num jardim uma suntuosa Rosa Vermelha. De pele aveludada e de tamanho exuberante.

Toda manhã, os bichos do jardim iam admirá-la. Subiam nas suas folhagens, ficavam em seu longo caule, todos ficavam atônitos com sua beleza!

Despertando do seu soninho, a Rosa Vermelha sabia que teria mais um dia de rainha do jardim.

Faziam presença o Sapinho Martelo, o Grilo Clicli, o Caramujo Moroso, a Formiga Cortadeira e Dona Joaninha e muitos outros.

Eles ficavam paralisados diante da reluzente beleza da Rosa Vermelha. Quando os raios do sol, ao amanhecer, batiam em suas pétalas vítreas banhadas de gotículas de água do sereno da noite irradiava um lindo reflexo multicolorido. Era como uma aurora boreal!

Afinal ela era a estrela do jardim. A admirada por todos. Sua fama cresceu. Bichos vinham de todas as partes do jardim e até de jardins vizinhos. Alguns lhe traziam presentes e outros prestavam-lhe serviços,  limpavam e enceravam a sua cumprida haste, isso a deixava ainda mais bela.

E, ela nada boba, gostava de toda aquela bajulação. Ao acordar, ela mantinha um ritual, ela sempre acordava e depois de um longo balbuciar, cantarolava:

-Ah! Que belo dia. Que fica ainda mais belo. Belo belíssimo com a presença da Rosa vermelha no meio do jardim. Ela repetia essas palavras umas três vezes. E a bicharada bradavam alguns até aplaudiam.

E, assim, se dava todos os dias, toda manhã naquele jardim.

Mas, certo dia, de manhã, a Rosa Vermelha despertou como de costume. Olhou para o alto e cantarolava:

- Ah! Que belo dia. Que fica ainda mais belo. Belo belíssimo com a presença da Rosa Vermelha no meio do jardim.

Não ouvindo nenhum sussurro a Rosa vermelha falou mais alto.

-Ah!! Que belo dia!! Que fica ainda mais belo!! Belo belíssimo com a presença da Rosa Vermelha no meio do jardim!!

Não havendo nenhum manifesto da bicharada a Rosa Vermelha se prestou a olhar para baixo. Vendo um bicho passar em baixo dela ela disse:

-Hei! Quem é você?

-Sou o Caramujo Moroso. Respondeu o bicho. E do alto de seu pedestal a Rosa Vermelha não ouviu direito o nome do bicho. Então disse bem alto:

-Cara amoroso!! Cadê todo mundo?!!

O Caramujo estava na velocidade máxima pra chegar onde a bicharada estava toda reunida. Mas, deu uma paradinha e disse:

-Foram todos para o canteiro do lado norte próximo a grande árvore. E continuou andando.

-Mas, Cara amoroso, era pra eles estarem aqui me venerando. Não há nada de bom lá! Lá num é o canteiro da tiririca do brejo?Indaga a Rosa Vermelha com desdém.

-É o que todos nós também pensávamos. Mas, pra nossa surpresa, naquele monte de folhas, cresceu uma fabulosa flor que estão chamando de orquídea Azul! Por isso todos foram para lá e eu também estou indo. Dizem que é a coisa mais bela do mundo e não apenas desse jardim!

E assim acabou o reinado da Rosa Vermelha. Depois ela sempre era vista olhando para baixo, chamando os bichos que sequer paravam para lhe dizer uma palavra.

 

MORAL DA HISTÓRIA:

A beleza exterior desvanece.

Aproveite seus melhores momentos porque eles passam.

Sempre vai aparece alguém melhor do que o outro.

Pin It
Atualizado em: Ter 11 Mar 2014

Comentários  

#10 PauloJose 22-06-2014 13:20
parabéns abraços
#9 fernan 17-06-2014 09:51
valeu colegas pelos comentários! :-)
#8 PauloJose 21-03-2014 19:09
parabéns!
abraços.
#7 PauloJose 18-03-2014 09:07
parabéns estrelei
abraços.
#6 JogonSantos 14-03-2014 21:45
Sua fábula é ótima na forma dos diálogos e na mensagem. Percebo que temos algo em comum no estilo(não gosto dessa palavra), por isso convido-o a ler meu conto " O Patinho malvado", se lhe interessar comprovar.
Obrigado pela visita e comentário.
Jogon.
#5 azara 13-03-2014 14:51
Linda demais,fiquei a imaginar.Parabens
#4 tania_martins 12-03-2014 10:40
Parabéns!
Abraços.
#3 Cerson 12-03-2014 09:35
E todos os momentos da vida precisam ser vividos como fossem os últimos... Texto reflexivo, parabéns.
#2 wicos 11-03-2014 22:01
gostei amigo isso veio como um grande aviso valeu
#1 PauloJose 11-03-2014 17:05
muito bela,
parabéns, fábula
abraços

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222