person_outline



search

DONA MARIA

Com seu rosto sério e tão triste, Maria fica a olhar.

Com olhos de brilho esmaecido pelos anos vividos, a rua.

Sonha Dona Maria!

O mundo apressado,

Não vê Maria sentada

Em sua cadeira de vime,

Alheia ao correr do tempo.

Sonha Dona Maria!

Ela, Maria de Seu Eliezer

Rosto corado de blush

Vestido florido com renda

Brincos de plástico a balançar.

Sonha Dona Maria!

Moça que fora faceira

Mulher  mãe de muitos filhos.

Lavadeira de roupas de muitas cores.

Cansada, sentada, espera...

Senhora de algumas alegrias e dores.

Sonha Dona Maria!

Mãos calejadas pelo duro trabalho.

Pele queimada pelo sol inclemente.

Os cabelos lisos presos por uma fivela.

Essa  é Dona Maria.

Que vejo  todos os dias

Em meu andar corrido

No tempo escasso, atrasado

Ainda  assim, enxergo Dona Maria.

Pin It
Atualizado em: Qua 4 Jul 2012

Comentários  

#3 Sirius 28-07-2012 16:54
Belíssimo, parece uma Dona Maria conhecida de todos nós. Linda, parabéns!
#2 Marlende 05-07-2012 17:24
Muito belo e triste mesmo, porém tão sincero...Parabéns !
#1 wicos 04-07-2012 20:02
parabéns poetisa soube narra a vida de dona maria valeu do amigo wicos

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222