person_outline



search

Minha Alma

Minha alma perdeu a direção.
Vagueia desnorteada sem o caminho
de seus braços.

Ela dá várias voltas e
Não chega a nenhum lugar.
Perdeu o norte, a coitada!

O vento traz teu cheiro;
Mas ele se espalha pelo ar e
Ela não sabe de onde ele vem.

Quando a noite chega e
Estrelas iluminam o céu;
Eu escureço por dentro.

Porque minha alma volta para mim
Sem você e triste, enlutada;
Chora a morte do nosso amor.

Pin It
Atualizado em: Seg 3 Maio 2010

Comentários  

#14 azara 22-07-2011 17:43
Lindo,adorei.Abraços
#13 zonetti 11-02-2011 12:13
que a alma seja imortal, morre com o amor, um pouquinho.
*****
bom. muito bom!
#12 Tulipa 27-06-2010 19:01
Olá Roberval!!!

Obrigada pela sua visita sempre bem-vinda e pelo seu comentário.
Um abraço.
#11 Roberval 26-06-2010 13:45
Ótimo poema adorei, cinco estrelas pra ti.
#10 Tulipa 22-06-2010 12:55
Olá Pamaro!
Obrigada pela sua tão bem-vinda visita e seus comentários.
Um abraço.
#9 Pamaro 19-06-2010 18:45
Belo poema de amor perdido. A alma do poeta é assim mesmo: gosta de chorar. Espero que seu estado de espírito mude e você cante um novo amor.
#8 Tulipa 11-06-2010 12:45
Olá Clarice!

Obrigada pela tua visita, comentário e estrelas.
Um abraço.
#7 CLARICE_ 06-06-2010 17:17
:love: Linda poesia! Parabéns! Todas as estrelas pra tua alma e tua inspiração! Abraços! :love:
#6 Tulipa 23-05-2010 01:27
Obrigada, Tania!
Um abraço.
#5 tania_martins 22-05-2010 21:31
Parabéns!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222