person_outline



search

Poema Remetente

Sou impecável no pecar

Amo e odeio na mesma dosagem

Basta experimentar.

 

Posso dar o amparo

De um pai, de um dono

E também, não raro,

Dar o frio abandono.

 

Não sou de difamação

Nem faço menção ao feio,

Porém notícias não faço questão

Mesmo na esperança dum e-mail.

 

Mesmo carcomido no peito

Sou sol e riso para todo efeito,

Pois na mesma medida amo e odeio.

Pin It
Atualizado em: Qua 2 Out 2013

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222