person_outline



search

Se me Lembrarem

alt

 

Eu poderia passar todas as horas,
Todos os segundos,
Mergulhado no mais profundo silêncio,
Mas morreria se não pudesse sentir o amor
Que nada diz , apenas me toca.

Poderia sorrir durante toda minha vida
Mas, se não tivesse
Uma lágrima de emoção para derramar
Tudo seria em vão.

Quisera poder gritar ao mundo “Eu te amo”,
Tão alto, que ecoasse por todo espaço
E em nenhum canto faltasse
Quem pudesse ouvir.

Porque eu amo...

Amo todos os dezembros e janeiros
Todos os outonos e invernos
Os verões e as primaveras
O céu, o mar e a Terra.

Amo o culpado e o inocente
O promíscuo e o decente
O carente e o abastado
Amo toda gente.

O tempo me dá
O Tempo me leva.

Mas nunca houve guerra
Nenhum de nós exerce alguma tirania
Porque a vida, o tempo finda
Mas não acaba minha alma cativa do amor.

O que temos é um acordo de paz.

O tempo passa
O relógio marca
A vida acontece
A pele envelhece
A gente esquece
Todas as dores
E o corpo pode jazer afinal.

E naquele sepulcro
O tempo e eu deitaremos juntos
Sem que seja o final.

Pin It
Atualizado em: Sex 6 Jan 2012

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222