person_outline



search

Há pedaços de mim por aí

Todos os dias
Morre um pouco de mim
Um pouco do que tenho
Um pouco do que sou em ti
Todos os dias 
Morre um silêncio aqui
Inabalável com vontade de escapar
Interminável na vontade de te amar
Todos os dias
Eu escondo um sim
Pra ver só as estrelas
Me entenderem 
Para ver para onde as vidas vão pender
Para descobrir
O que serei por fim
Todos os dias 
Morro um bocado, eu sei
Pelas palavras proferidas
Pelos mares incuráveis das feridas
Pelas palavras
Que, sem coragem, 
Não falei.

Pin It
Atualizado em: Sex 3 Fev 2012

Comentários  

#1 LucianoRochaRoots 08-02-2012 23:01
Belas palavras devem ser ditas. E você as disse sem muito dizer. Parabéns!

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222