person_outline



search

Meus poemas ...

É no peito que guardo meus melhores poemas

 Arquivo de todas as minhas emoções

 Rabiscos que traço somente em pensamento

Rascunhos que faço sem usar as mãos

 

  Meus poemas por vezes são jardins abandonados

Onde crescem ervas que não consigo arrancar

 São dias de chuva, beiras de precipícios

São pedaços meus que não posso juntar

 

  Por outras vezes são janelas que ficam abertas

 Por onde entram a luz do sol, das estrelas, do luar

 São rios calmos longe das fortes correntezas

 São paisagens coloridas que se refletem em meu olhar

   É no meu peito que guardo meus melhores poemas

Arquivo de todas as minhas emoções

 Meu livro secreto, somente eu o leio

 E é nele que aprendo as  maiores lições  

Pin It
Atualizado em: Sáb 10 Mar 2012

Comentários  

#7 LEANDRO 05-06-2012 19:10
Gostei muito. Parabéns !
#6 PauloJose 09-04-2012 17:43
É NO PEITO QUE GUARDO OS MEUS MELHORES POEMAS!
PARABÉNS.
#5 ANTENA 22-03-2012 14:54
Espetacularmente belo. Teus poemas são pedacinhos da tua luminosa alma. Esplêndido!


abraço anarquista
#4 AJO 22-03-2012 07:57
Traduzir-se, reinventar-se, reescrever-se. O livro dos dias, o diário de todos os instantes, a abordagem às ideias como
questionamento infinito do porque. Também tenho meu livro, aquele que só eu escrevo... que só eu leio!
Encontrei-me em seu lindo poema.
Beijos
AJO
#3 tania_martins 21-03-2012 16:26
Parabéns!
Abraços.
#2 azara 20-03-2012 10:07
Gostei muito ,parabens.Abraços
#1 xxx 19-03-2012 16:25
Ah, que belo texto! Os nossos sentimentos, seja ele qual for, de fato são os nossos poemas. :)

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222