person_outline



search

Canto de não fazer nada

Canto de não fazer nada

Apenas cismar à sombra

enquanto o sol passa

 

Não prender o vento

nem o canto do pássaro

Não guardar o perfume da flor

 

O dia segue em seu tempo de ir

Morre junto ao entardecer

 

Aos olhos ficam os azuis

que se viu... queaindase vê...

Pin It
Atualizado em: Seg 10 Dez 2012

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222