person_outline



search

Sua Audácia

Sua Audácia

Sua audácia é tua fúria
contra o meu tão rebelde amor,
que me faz incendiar teu solene
e puro coração com a minha
perigosa paixão
sem os vendavais de uma
ilusão que com
uma solidão sem fim
permite uma invasão que
sem permissão fazendo a tal
algazarra em meu coração que
não sobrevive sem a audácia que seria
plenitude da união de um amor
proibido
[...]
De uma paixão que sem valor,
sem a invasão do boi bandido
não à luz em um coração que na
profunda escuridão permite
a ilusão dominar sua alma
que eras tão pura,
delicada e
mais linda quanto o pôr do sol.

Pin It
Atualizado em: Seg 19 Maio 2014

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222