person_outline



search

O Palácio Real de Sintra

O Palácio Real de Sintra

A Almada Negreiros, Teixeira de Pascoaes e Pe. Antonio Vieira

“daqueles Reis que foram dilatando \ a Fé, o Império, e as terras viciosas” Camões

“Os Deuses vendem quando dão. \ Compra-se a glória com desgraça.” Fernando Pessoa

“Venturosos aqueles, sim aqueles,  \ que a vista levantando a toda a gente” Tomás Antônio Gonzaga.

Erguendo-se imponente, eis que navega,

Barco de Pedra a atravessar séculos,

Com suas chaminés imensas, na refrega

Intensa da História... qual espéculo

A mostrar a escuridão de eras cegas,

Mas se vê também a Glória e a Fé cujos

Umbrais da passagem manuelina

Contam e recontam a era sibilina...

Entre tantas e adornadas salas,

Dos arqueiros, dos mouros, dos brasões,

Das Pegas, dos Cisnes, das vassalas

Sereias que seguiam naus em legiões,

O Pátio dos Tanquinhos à entrada à sala

Das Colunas... E cordas e cordões,

E âncoras em pedra...As chaminés,

Fornos d’Alquimia em terras e marés...

Pin It
Atualizado em: Qui 12 Jun 2014

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222