person_outline



search
  • Contos
  • Postado em

Como um conto sem graça

Meu passado nao importa mais agora que tudo ja nao pode me ajudar, queria que o presente entendece que o amor se encontra onde parei de amar, mas ele dis que o futuro e la na frente e que as linhas do caderno sao enfeites para decorarmos. Ainda nao entendo o que dis pra min, por que será sou jovem, o sabio ja dizia que vaidade e vaidade e tudo e vaidade. Ó quem dera eu ser como um principe e Ter muitas pricensas no meu castelo onde se encontrace joias nao para meu garladao mas para alegrar minha casa que é triste. quem escuta o principe que esta cheio de suditos obdientes ? me escuta rainha tu que es de um rei sabe bem de onde vem teu susceço, deleitei-me no seio de muitas que puserao meu vigor a prova e nos braços de uma traiçoeira me prendi por ser o teu veneno Saboroso de mais.
Pin It
Atualizado em: Seg 12 Mar 2018
  • Nenhum comentário encontrado

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR
Fone: (41) 3342-5554
WhatsApp whatsapp (41) 99115-5222