person_outline



search

Na Mesma Balança

Ao passo que a nossa Constituição concede a todos nós, brasileiros, o direito de expressarmos as nossas opiniões, esse mesmo documento também preza pelo repúdio de todo e qualquer ato considerado racista. Além de paradoxal, esse assunto compreende tamanha complexidade levando-nos a fazer a seguinte pergunta:  todo pensamento, quando apresentado, pode ser considerado como preconceituoso?

É difícil de responder, pois não há um critério especifico para diferenciar uma coisa da outra.  Sem falar que, atualmente, a justiça brasileira encontra-se bastante férrea em relação a essa temática.

Mesmo assim, é importante debater esse assunto para evitar certas distorções, como aconteceu, certa vez, com um professor que, durante a aula, manifestou-se contrário as cotas de alunos negros nas universidades e a união civil de pessoas do mesmo sexo. Embora os argumentos dele possuíssem tamanha coerência, os alunos, imediatamente, atritaram com ele, taxando-o de preconceituoso. Em razão disso, o professor levou uma advertência da direção.

Outo exemplo: ao recusar colocar a bandeira do movimento LGBT, no perfil de uma rede social, alegando não ter nenhum interesse de aderir a tal causa, um cidadão terminou sendo taxado de homofóbico pelos seus próprios amigos.

Não resta a menor dúvida de que a justiça tem demonstrado eficiência no combate à discriminação, permitindo com que a sociedade procure rever certos conceitos. No entanto, tal medida acarretou em terrorismo, possibilitando com que todo ponto de vista, quando externado, fosse deturpado.

E assim sendo, é preciso termos o bom censo para compreendermos o seguinte: a liberdade de expressão é um direito que nos é oferecido, assim como o respeito ao próximo tem como a exerce o papel de dever cívico.  

Pin It
Atualizado em: Ter 7 Jul 2015

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222