person_outline



search

Impressões digitais

Despojada, imatura, precoce, teve que beber do cálice da maturidade. Bandida, traiçoeira, vingativa mas inocente não sabia que depositava ferrugem na fechadura da sua existência. Para se libertar desesperadamente teve que por intuição, cercar de sabedoria do elixir, provinda de subterfúgios divinos !!! Bebendo doses, as moléculas iam perdendo a grade cristalina, dando forma flexível como de um líquido. Para se moldar, inspirando a obra, desenvolveu asas e começou a voar podendo criar alternativas de fuga, que permitiam sem fim, descobrir a chave das saídas do aprisionamento que acarretavam as algemas, das mãos para desenhar a escultura mais efêmera que os olhos já viram. Duração de um dia se expirou como flechas, sem que algumas vidas fossem atingidas, antes do nascer do sol. Constatava-se que podia sentir com a alma somente. Se libertando, ninguém podia descrever ou tocar, assim foi de súbito a arte mais contemporânea que já existiu, como efeito transcendental, impactava a história prestigiando suas impressões digitais !!!
Pin It
Atualizado em: Qui 20 Set 2018

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222