person_outline



search
  • Salsa
  • Postado em

Ser sozinho

Ela então surgiu ao meu lado
E antes eu nunca a vi
Mas por um estranho instante
Me senti amado
Consolado...
Em seus olhos sobrevoava o mar
E assim me sentia bem
Mesmo sem ter sequer a coragem
De os olhar
Os encarar...
Será que ela pensa o que eu não consigo falar?
Será que ela sente o que eu só sei pensar?
Num fim, num fim
Num fim da dor
Num fim da agonia
Que sinto por ser sozinho
Sozinho...
Não somos reféns de uma mesma história
Não dividimos cenas numa única memória
Acho que sou um amante na cidade proibida
Esperando que a donzela bela e frígida
Possa me levar e me provocar
Um fim, Um fim
Um fim pra agonia
Um fim pra minha sina
Em ser sozinho
Sozinho...
O fim, O fim
O fim da dor
O fim da agonia
De ser quem eu sou
Sozinho, sozinho...
Pin It
Atualizado em: Qui 12 Fev 2009

Comentários  

#4 neybomfim 30-03-2009 11:54
Bom. Um jovem talentoso.
#3 neybomfim 30-03-2009 11:54
Bom. Um jovem talentoso.
#2 kryssFour 02-03-2009 10:46
Lindo... Tão poético, sutil, de uma delicadeza ímpar! Já compôs a melodia? Na voz de Caetano ou Chico... Já pensou?!Abraços,
kryss
#1 kryssFour 02-03-2009 10:46
Lindo... Tão poético, sutil, de uma delicadeza ímpar! Já compôs a melodia? Na voz de Caetano ou Chico... Já pensou?!Abraços,
kryss

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222