person_outline



search
  • Samba
  • Postado em

Solidão

Ouço o barulho do nada
Em derredor,
Me abraça, me envolve
A solidão.
A dor é igual dor de saudades,
Sacolejo a cabeça
Mas não digo nada,
Sou bravo, sou forte,
Só me aporrinho.


Ah! como eu queria lograr,
Amar e ser amado!
Falo de certezas:
Amar e ser amado!
Amar e ser amado!

Pin It
Atualizado em: Dom 7 Mar 2010

Comentários  

#8 Celina 05-04-2010 12:35
Há solidão....que castiga e devora,
que sufoca e da medo.

Gostei
Beijos
#7 Cristiano_silva 01-04-2010 22:41
As vezes a solidão pode ser nossa melhor amiga!!!
#6 tania_martins 21-03-2010 11:49
Esse desejo de amar e ser amado! Gostei.Abraços.
#5 rubao 20-03-2010 22:42
solidão gera sofreguidão, fazendo com que o tempo não passe; linda poesia, abraços.
+1 #4 Abreu 17-03-2010 14:06
Difícil satisfazer dois seres por muito tempo com a mesma harmonia...
#3 Cerson 14-03-2010 22:18
Outra belíssima letra - samba; cheira a Brasil, gente, alegria... Parabéns, abraços.
#2 Monique_Lemes 14-03-2010 20:38
Que lindo... :love: Parabéns...
#1 Pamaro 13-03-2010 11:32
Só mesmo os poetas podem ouvir o barulho do nada e só mesmo o amor para acabar com a solidão. Parabéns e abraços.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222