person_outline



search
  • Samba
  • Postado em

O Chorinho diz, o pandeiro toca, o surdo avisa: O samba não pode parar.

Tentei correr, só sabia andar
Quis desistir até a noite cair
Quis adormecer o pandeiro não deixou
A lantejoula brilhava e a terra parou

Enquanto o samba começava na outra esquina
Pensei pra mim, agora ferrou
Sentado na calçada, meus pés começaram a pular
Não tive opção além de me levantar e sambar

O surdo começou a chegar perto
Não sei ao certo, mas o coração disparou
Logo ali já era a avenida
Não tive escolha aquela ginga me apaixonou

E o samba começou a dar certo,
A multidão era grande já não tinha mais lugar
Sambei com intensidade a hora é essa
O samba não pode parar

Seguindo a multidão inspirado de emoção
Fui dando trela a minha paixão
Sem parar de batucar dei nova vida ao meu coração
que agora toca no tom do batuque do pandeiro

No meio disso o chorinho me abraçou e disse:
Não chores mais meu amigo, a vida só está pra começar
O som dos instrumentos vem trazer pra ti sorrisos
Vem que a alegria quer te conquistar
Deixa o choro pro cavaco chorar.

Pin It
Atualizado em: Sex 18 Nov 2011

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222