person_outline



search

MAR DE OUTONO

Amanhece no litoral...
da janela da sala
as ondas se desenham ...
sóbrias
espumas e gaivotas,entristecidas
reflexão,tudo é prece
o mar de outono é introspectivo
oceano imensurável
nunca perece...
ventania teimosa,te busca
longe...
saudade feiticeira
pensamento se tece
segunda-feira nostálgica...
meus poemas,teus dilemas
risos,lágrimas,risos...
maresia nas vidraças
o velho enigma,vem à tona
bússola misteriosa...
poesias escondidas,na garrafa
são só fragmentos de lembranças,
de um poeta,do mar de outono...

Pin It
Atualizado em: Qui 24 Mar 2011

Comentários  

#4 NIKI 31-03-2011 21:45
Parabéns, escreves que é uma delicia, lírico!
#3 azara 25-03-2011 17:03
Parabens,lindo poema.Abraços*****
+1 #2 Nelson_de_Medeiros 24-03-2011 10:59
Belissimo poema! Não és uma grande cronista, mas também uma belissima poetisa. Teu português é muito bom, e tua inspiração pendendo para o lirismo é das melhores.

***** para ti.

1 ab.
+1 #1 tania_martins 24-03-2011 10:41
Belo poema.Parabéns!
Abraços.

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222