person_outline



search

A CONQUISTA DE SI MESMO É O OBJETIVO NO APOCALIPSE

Quando Deus EU SOU, o Cristo desce à matéria, ou o verbo se faz carne no corpo humano,
Os cinco sentidos se tornam os senhores da terra, no corpo, ocorre à primeira crucificação,
O caminho é a regeneração, a conquista de si mesmo, o espírito, o Cristo na carne,
O objetivo no apocalipse, é a conquista do superior sobre o inferior, o novo nascimento, à ascensão.
Aquele que vive; estive morto, mais eis que estou vivo pelos séculos dos séculos é o Cristo divino,
E tenho a chave da morte e do inferno, no baixo ventre é o soberano dos reis da terra, Deus e sua ação,
E da parte do Cristo no corpo de Jesus, a fiel testemunha, o primogênito dos mortos,
É Deus e seu Cristo, a glória e o domínio pelos séculos dos séculos amém, a sua divina creação.  
A que se refere o apocalipse quando diz: o primogênito dos mortos, o soberano dos Reis da terra?   
O Cristo é o soberano dos cinco sentidos, dá testemunho de Deus em tudo e em todo coração,
È o testemunho de Deus EU SOU individual, projetando a luz na Chama imortal da vida eterna,
Foi crucificado no corpo físico e está no processo de despertamento na humanidade e sua libertação.
Assim Deus, o Cristo no corpo de Jesus em todas as provas da vida deu testemunho da palavra?  
Deus EU SOU, no espírito divino, o Cristo deu testemunho da palavra feito carne, a luz manifestada,
Bem-aventurado o que lê ou concentra e discerne, ouve e compreende,
Diz a Bíblia: “Quem fala é o espírito de Deus”, ouça com atenção, a este a compreensão é revelada.
Assim é soberano dos mortos e soberano  dos reis da terra por que manifestou a consciência de Deus?  
Os mortos são os que não têm a consciência de Deus em si e soberano é o Cristo, a divindade revelada,
“EU SOU Alfa e ômega, o primeiro e o último, diz o Senhor Deus”, é o poder Creador do universo,
Aquele que é, que era e que há de vir, o todo-poderoso é a luz universal em tudo e em todos irradiada.
“Achei-me em espírito no dia do Senhor”, é o estado de transe, de êxtase durante a iluminação,
“Ouvi por detrás de mim, grande voz como de trombeta,” é a voz silente, do Cristo no coração,
O que vês, escreve  em livro e manda às sete igrejas, são os sete centros de energia no corpo-templo,   
Os centros de energia se transformam em sete pequenas lâmpadas ou candelabros com sua irradiação.
Vi sete candeeiros de ouro é a luz dos sete centros de energia no corpo-templo.
No meio dos candeeiros, um, semelhante ao filho do homem, a luz do centro cardíaco e sua irradiação,
Com vestes talares e cingidas à altura do peito com um cinto de ouro,
Sua cabeça e cabelos brancos como alva lã, como neve é o centro coronário aberto, a sua divinização.
E quanto ao mistério das sete estrelas vistas na mão direita e os sete candeeiros de ouro?
As sete estrelas são os anjos das sete igrejas, os candeeiros são os sete chacras, os centros de energia,
Estes centros mantém o corpo-templo com a energia, calor e luz divina de Deus,
Os centros divinizados no homem e na mulher eternos, o Cristo, a vida é a luz de Deus que irradia.
Seus olhos  como chama de fogo, do centro frontal lançava energia e domínio pelos olhos flamejantes,
E seus pés semelhantes a latão fino, ardentes como num forno, fluido, brilhante e pronto para ação,
A voz como o ruído de muitas águas, da boca saia uma afiada espada de dois gumes é o poder do verbo,
E seu rosto brilhava como o sol, porque triunfou sobre si mesmo, converte-se em Deus da creação.
Quando vi, cai a seus  pés como morto e pôs sobre mim a sua mão direita, dizendo:
Não temas; “EU SOU o primeiro e o último”, porque Deus é a única vida e único poder atuante,
Escreve as coisas que vistes e as que vão acontecer, é entender e escrever a palavra da eterna verdade,
A ressureição e ascensão do Cristo no corpo-templo são a glória, o amor de Deus, a eterna luz triunfante.
Pin It
Atualizado em: Sáb 22 Out 2016

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222