person_outline



search

O grande caderno azul - VI

VI
Quebrei a minha promessa e enchi cara. Reencontrei com Mano Brown na Praça do Bacurizeiro, Alan Black jazia desacordado no chão, Jailson Pé-de-Pato deitado no banco e a figura triste de nosso colega Negrita, ele esta passando por uma triste fase. Abandonado e expulso de casa. Não tecerei comentários, porque não sei o dia de amanhã,poderei encontrar-me na mesma situação ou até pior. Mas maior é Deus e seus poderes. Depois de muito insisti Mano Brown acabou comprando uma garrafa de pinga e depois mais outra - Fu para casa, almocei e dormir. A noite a peregrinação ainda conseguir ferrar quatro latas de cervejas e o encontro salutar com o meu amigo Junior,o futuro psicólogo que emprestou-me o livro que a tanto ansiava lê-lo há muito tempo desde quando entrei para o maravilhosos mundo literário "O Diário de Anne Frank" - um dos clássicos da literatura. Trouxe-o comigo. Não estou muito apto para o trabalho. Aguardo a filha de Seu Azul. Vamos espera-la, enquanto leio "Anne". Aos poucos as esperanças vão fenecendo, o inevitável acontece, não adianta ficar na expectativa da espera de algo que não vem. Como acreditar, assim como acreditei no Bacana da moto. E agora como vou encarar a real situação, tudo esta contra mim - Por quê as pessoas fazem isso, dizem coisas que não podem cumprir? É assim mesmo, fodo-me.
Pin It
Atualizado em: Sáb 22 Out 2016

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222