person_outline



search

Não de você, mas de mim

Não quero depender de você
Vai conseguir sustentar?
Aposto no frio
A distância não pode esquentar

As minhas decisões 
São perigos que enfrentei
Os resultados são apenas
frutos do que plantei

Percorro diversos caminhos
procurando a plenitude
Para livrar-me dos vazios
é necessário ATITUDE

Me assegurar em ser humano
deixou de ser opção
pois as lutas são espinhos
que não cortam só as mãos

Tudo o que eu preciso agora
é da minha SOLIDÃO
Uma bike e uma laterna
pra enfrentar a escuridão....

Pin It
Atualizado em: Sáb 16 Fev 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222