person_outline



search

Reflexão sobre a Guerra

Dizem que a guerra deve ser relembrada para não ser repetida. Mas ao relembra-la impedem que ela termine. Assim o risco maior não é repeti-la mas sim que não termine nunca.Uma grande guerra, como a chamada segunda guerra mundial, esconde atrás de si uma infinidade de outras guerras tão devastantes quanto ela. Afinal toda guerra é única para quem morre nela.Uma resposta para a globalização do terror não pode ser uma globalização da guerra. Não se combate um mal com outro maior.As guerras no ocidente, via de regra, tem cristãos em um dos lados do conflito. Quando não dos dois.Nunca houve uma guerra mundial: as guerras são sempre entre humanos. Quem sabe o que nos falte não é justamente um inimigo comum.A paz é sempre uma dura expectativa da guerra. A guerra é sempre uma tragédia em si mesma. São em tempos de paz que se armam os exércitos. Todo homem tem uma guerra dentro de si e que não pode ser detida.Não se sabe ao certo quando pode começar uma guerra. Não se sabe ao certo quanto tempo pode durar. O que se sabe é que, dure quanto durar, será sempre muito.O que pensariam os que morreram na guerra, digamos a uns cem anos, se soubessem que ainda não resolvemos o problema?O que falta para que o mundo seja melhor? Vontade!Separam as guerras entre civis e militares. Isso é um erro. Toda guerra é civil. Militares não morrem.Eu sempre me pergunto onde estão as mães enquanto seus filhos morrem nas frentes de batalha?Enquanto houver alguém que ganhe com a guerra ela não acaba.As guerras não surgem das diferenças, como se pode pensar, mas do consenso. Mesmo o maior pacifista pode ser levado a guerra. Basta que para isso se ponha o seu projeto de paz em dúvida.Uma guerra só é considerada mundial quando é no centro do mundo. Nas periferias, mesmo que envolva centenas de países, não será considerada mundial. Quando um homem não tem mais para onde ir ele vai para a guerra.Todas as guerras são feitas por homens feitos por mulheres.A religião não deu conta da guerra. A filosofia também não. Nem a ciência. Isso porque religião, filosofia e ciência são formas de guerra elas também.O maior risco da humanidade não é uma guerra total: mas o fato de que qualquer guerra se torne impossível.Ausência de guerra não é necessariamente paz.Nunca peça a Deus um mundo sem guerras. Ao contrário, peça a Ele que uma guerra seja sempre possível. Num mundo sem liberdades a guerra pode ser a única esperança.Podemos olhar a vida por todos os seus ângulos, isso não leva a guerra. O que leva a guerra é quererem impor um deles aos outros. O que diferencia a União Européia da União Soviética? Na primeira ha liberdade, dirão muitos e com razão. Mas por quanto tempo isso será verdade?Os grandes blocos econômicos são formas modernas de opressão. E podem convergir para um só. E vamos nos lembrar que ausência de guerra não é paz.images 82
Pin It
Atualizado em: Qua 27 Fev 2019

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222