person_outline



search

As descobertas de Linda

Eu sou a Linda, tenho 25 anos, e estou um pouquinho à cima do peso. Sempre tive dificuldade de me soltar na hora do sexo e acho que nunca tive um orgasmo. Não assim, com essa intensidade que as mulheres falam, de ficar em êxtase , com pernas bambas..rsrs.
Não sou muito de sair, e passo muito tempo na internet, um belo dia me sentindo sozinha  resolvi entrar num site de relacionamento, só pra passar o tempo e bater um papo, e foi aí que conheci o Junior, um moreno gato, com seus 30 anos, o sorriso mais lindo que já vi. Passou -se alguns dias e conversávamos cada vez mais, tínhamos uma sintonia incrível. Ele me deixava muito à vontade com seu jeito gentil, e ao mesmo tempo me atraia com o jeito de falar, ele era tão inteligente, eu poderia ficar horas ouvindo suas histórias sem me cansar. Um dia marcamos de sair, já sabíamos tantas coisas um do outro, já tínhamos falado inclusive, sobre nossas intimidades, eu confesso que sonhava todo dia com o momento em que estaríamos juntos. Era incrível as sensações que esse homem despertava em mim, eu comecei a ter fantasias com ele, eu me pegava pensando cada coisa que já mais imaginei pensar ou fazer, e eu ria, mas desejava ansiosa que se tornassem realidade. Eu estava à sua espera quando o vi vindo em minha direção, e pensei: que homem lindo! Ao se aproximar me cumprimentou com um beijo suave, elogiou-me e me guiou em direção ao seu carro. Nós pulamos as etapas que deveriam anteceder o sexo, pois a verdade é que estávamos ambos com tanta vontade experimentarmos nossos sexos, que abrimos mão doa protocolos de um encontro...rsrsrs Fomos para um motel, e olha, eu nem reparei em detalhes, pq eu não conseguia pensar em nada que não fosse despir aquela coisa gostosa, e beijá-lo dos pés à cabeça. Ele logo percebeu que eu não estava confortável com meu corpo, e me deixou tão tranquila, me beijou o rosto e sussurrou no meu ouvido: se entrega pra mim! Eu estava cheia de tesão e, já sentia minha xotinha molhada, ele me despiu devagar, e me cobriu de beijos, senti sua respiração ofegante e quente se aproximando da minha xota, então ele me surpreendeu com um beijo, sim! Não foi uma lambida, uma chupada, foi um beijo, cheio de desejo, ele beijava minha xota como se estivesse beijando minha boca, e aquilo era tão maravilhoso, eu não pensava em mais nada além de não sair mais dali. Ele me olhou nos olhos e com uma cara safada me perguntou se eu queria que ele parasse, eu disse baixinho q não, e ele repetiu a pergunta e eu não me contive, então gritei para que ele não parasse, e eu pedia para ele fazer mais, estava gostoso demais, e eu gritava:  não para por favor, não para! E quando dei por mim estava gozando! Meu corpo se contorcia, minha voz sumiu, senti meu coração acelerar, que delícia! Que coisa maravilhosa é gozar! Eu não tenho palavras que descrevam precisamente como me senti naquele momento. Só sei que foi incrível, e eu amei!

Pin It
Atualizado em: Seg 19 Out 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222