person_outline



search

Reconciliação

Fazia dias que não nos víamos. Estávamos um pouco afastados, e decidimos então conversar pessoalmente para acertamos os pontos que estavam nos incomodando. Enfim, ele chegou! Lindo, arrumado, ao se aproximar eu pude sentir o quão cheiroso ele estava. Me olhou nos olhos, passou seus bracos fortes em volta da minha cintura, me beijou suavemente. Quase tive um orgasmo ali mesmo! Ao vê-lo todas as palavras sumiram, toda vontade de brigar ou falar sobre qualquer coisa desapareceram imediatamente, ele se deixou levar e eu o guiei por minhas vontades e desejos naquele momento. Como ele é lindo! Como ele é gostoso! E, esse cheiro? Eu não resisto! Ele me desmonta por inteiro. Agora, os dois em total sintonia, nos tocando, nos beijando, nos provocando e, sentindo todo o desejo que possa existir, tirando nossas roupas, beijando nossos corpos, sentindo o aroma da nossa excitação. Ofegantes, corpos transpirando, beijos quentes, mãos firmes, sussurrando palavras indecentes...que delícia! Seu pênis ereto e duro como um ferro, minha flor molhada e aberta, aguardando ansiosa por sua entrada, pelo momento de senti-lo por inteiro dentro de mim. Que momento! Que delícia! Seu quadril perfeitamente encaixado no meu, num movimento ritmado de vai e vem, o prazer toma conta de nossos corpos, nossas línguas emaranhadas, e o movimento se torna mais rápido, mais forte, seu nossos olhares se encontram, e de repente sinto minha flor derramar todo o néctar contido nela. Ele urra como um lobo sedento, e derrama dentro da flor todo seu gozo, e urra mais alto, e mais alto, até seu corpo desmaiar relaxado, tranquilo, calmo.
E agora, aqui deitados, nos acariciando, temos apenas uma certeza: não temos mais nada para conversar! Já resolvemos todos os problemas, estamos bem! 
Pin It
Atualizado em: Seg 19 Out 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222