person_outline



search

Um “case” de Natal

1.
“Querido Papai Noel,

Sou João Pedro tenho 7 anos. Me comportei no ano. Gostaria de pedir au senhor o novo plaistation, um tablete e um tênis de ledi.
Muitu obrigado e felis Natau!”


2.
"Caro João Pedro,

Às vezes, ser um bom menino não é o suficiente. Sabe o quanto me custa todos esses brinquedos? Mesmo os adultos bonzinhos, que trabalham o ano inteiro, não têm tudo isso. Agora, imagine um velhinho autônomo com um negócio sazonal?
Já lhe ocorreu o quanto eu tenho de gastar com salário de duendes? Sem contar as horas extras! Muitos deles não dão conta de produzir a demanda para o mundo inteiro no horário de serviço. E ainda temos gastos com energia elétrica, água, imposto e as renas... AS CARAS RENAS! Só de veterinário vai mais uma nota...
Se ao menos aquela marca de bebidas mantivesse a boa parceria que tinha comigo. Porém, parece que os pais atuais não mais se interessam em comprar este tipo de refresco para as crianças. Por isso mesmo, adotei a política do $ 1,99: reduzimos a capacidade de produção aqui no Polo Norte (com o clima mais quente, a produtividade dos duendes cai drasticamente) e os brinquedos que não conseguimos fabricar, compramos em lojinhas de $ 1,99. Claro que dessa maneira, não conseguimos atender exatamente a demanda dos nossos stakeholders, mas pelo menos não gastamos tanto.
Muitas das encomendas têm sido postadas via Correios para não termos custo com transporte (ninguém quer pagar frente hoje em dia). Tem sido até um pouco recorrente, as crianças receberem seus presentes lá pelo ano novo. Quando é ESTRITAMENTE necessário, é que utilizamos as renas, e ainda assim, no máximo três puxam o trenó. Foi-se o tempo em que se andava para lá e para cá com nove renas puxando uma carroça voadora.
Dito isso, Jão Pedro, informo que terei de substituir seu Playstation por um Tamagotchi, para que sinta desde já a responsabilidade de ter um filho. O seu Tablet será substituído por um tablete de chocolate, desses baratos com gosto de açúcar (fingirei que pediu por chocolate, já que o tradutor me disse que você escreveu a palavra com um “e” no final). E, por fim, substituirei o seu tênis de led por um chaveirinho de plástico com lanterna. Trabalho com brinquedos, não com calçados!
Continue se comportando, não espere por altas recompensas e compreenda que é muito difícil ser Papai Noel.
Feliz Natal,
Noel Nicolau Santa Claus.
PS: peça para a sua mãe te colocar em um curso de inglês. Os tradutores aqui do Polo Norte estão cobrando os olhos da cara!"
Pin It
Atualizado em: Dom 20 Dez 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222