person_outline



search

Condenados por maus-tratos (Com Agravante de Assassinato)

Nascida a muitos e muitos anos... Nascida bela e sábia, desejada por todo Universo, invejada ou admirada por todos, respeitada por poucos, amante dos amantes, irmã, amiga e mãe zelosa... Filha de Crenças e de Ciências que discutem o tempo todo sobre quem seria o dono Dela que a milênios assiste e resiste a tudo soberana, indomável e amorosa, gentil e compreensiva permitindo que as mais variadas formas de vida se juntem à Ela numa composição de genial Amor.
     Sim, o Amor, este sentimento único, simples e tão raro, é o sentimento que a milhões e milhões de anos, de toda maneira ensina a todos esta Mãe, ensina a seus filhos e visitantes. Ela insiste, não desiste de afirmar que a forma mais eficiente de se retribuir um Amor é com o Amor. Mãe simpática e protetora que a todos acolhe com carinho e quase consegue educar todos seus filhos, os pequeninos, os grandões, os chamados de furiosos, os criticados por sua mansidão, alguns até acusados de serem desprovidos de inteligência e vontade própria a entender de forma plena o significado das palavras Amor e Respeito.
     Viveriam por muito e muito tempo ainda, assim, em harmonia, ajudando uns aos outros, num cenário de beleza indiscutível, seria apenas vida gerando vida, sob um controle justo e natural. Esta Mãe feliz estaria sempre atenta não deixando nada faltar para a alegria de seus convidados e filhos queridos.
     Porém, ontem, surgiu ninguém sabe explicar vinda de onde, sem ser convidada, nem filha Dela, uma forma de vida cruel e egoísta, sem Respeito e sem Amor, provida de um nível de intelectualidade alto e a serviço do Mal. Formada por seres que são dissimulados e se dizem dominadores (pobres coitados, estas criaturas ainda não entenderam que não são nada).
     Mas, felizmente, alguns destes seres que aqui vieram, por princípios valorizados, logo perceberam o Amor que vinha desta Mãe, que apesar de desrespeitada e agredida, insiste em educar a todos. Alguns então, de um modo surpreendente, começaram a tratá-la bem e admirá-la, no entanto estes livres e inteligentes de fato, não demorando muito tempo logo conquistaram o ódio daqueles muitos e inferiores da sua espécie e vem sendo perseguidos e discriminados, sofrendo agressões de todas as maneiras, mas não desistem de proteger a sua Mãe amiga.
     Formaram grupos que tentam ensinar a amar, respeitar, são eles os Gênios da Ciências do Bem, das Artes, dos Esportes, etc..., que tentam com imenso e todo esforço alertar a todos os outros de que somos apenas passageiros de uma grande viagem, que estamos aqui neste Berço para um aprendizado, um Aprendizado de Amor e Respeito Mútuo, que todos aqueles que não conseguirem entender, praticar e ensinar isto, serão banidos deste lugar de uma forma abreviada e muitas vezes dolorosa e até mesmo trágica... Até mesmo a paciência de uma Mãe extremamente carinhosa tem limite.
     Infelizmente, a um longo tempo parece que estas criaturas racionais e malignas vem de forma sistemática desrespeitando e destruindo a todos e a tudo. O que estamos vivendo é a mais pura manifestação do Mal (seja em paraísos de avançada tecnologia ou em tranquilas montanhas verdejantes)... Lá estão elas, parecem vermes em sua voraz sede de destruição... Criaturas dissimuladas, que tem sempre uma desculpa cretina... Destroem por se acharem poderosas, ou destroem por serem miseráveis. A verdade é que avançam em suas atitudes.
     A má vontade, os inescrupulosos, os nojentos, os imbecis e ignorantes formam a parcela dos seres desta Raça de Humanos que se imagina dona do Universo, da Verdade e de sua Vida. Seres que acham que podem usar e abusar de tudo e de todos, que podem maltratar e fazer mal uso das dádivas que lhes foram ofertadas por presente de uma Mãe benevolente, que acreditam que podem promover a destruição sem fim e que quando não houver mais nada para destruir aqui, conseguirão fugir covardemente se aventurando em longas jornadas para tentar encontrar e invadir casas alheias.
     São loucos imundos que detém a Tecnologia Avançada mas não contém na essência de seu Ser, a Dignidade. Miseráveis são, contaminam a seus seguidores com um imperativismo do verbo Poder... Poder mandar, poder fazer, poder desfazer, poder matar, e, a mais hipócrita e cruel forma de poder, poder Mentir. Sim esta última é a que vem sendo mais usada a um bom tempo, e é a que mais destrói. Sob o manto negro da Mentira agem as Autoridades, sob o manto negro da Mentira agem as crenças e religiões, sob o manto negro da Mentira agem os interesses das grandes fortunas e sob o manto negro da Mentira agem os miseráveis de Corpo e Alma, que são aqueles que estão sempre seguindo as determinações de seus satânicos senhores, são também aqueles que mesmo vendo que suas atitudes maldosas destroem a si, destroem suas famílias e muitas vezes destroem seus inocentes (que teriam a obrigação de proteger), não aprendem nunca, estão sempre tentando transferir suas responsabilidades para os outros, numa atitude bem leviana (como já é de se esperar destes mentirosos covardes).
     Seres da maldade, debochados riem quando se fala no sofrimento e agonia da Mãe Natureza. Tripudiam, criando datas prováveis para esta Mãe morrer... Ela, que apenas sonha em ver seus amigos e filhos felizes. Fazem comentários maldosos de como será o tão questionado Fim do Mundo. Pois bem, em total despeito eles maculam e ferem, exploram e exterminam vidas e existências, destroem (mentindo que constroem), tudo modificam, afinal eles são espertos e inteligentes.
     Muito bem, a algum tempo estamos tendo sinais evidentes da agonia de nossa Mãe, mas tenham uma certeza, maldosos seres racionais, vocês colhem o fruto... Que são os poderosos vulcões que berram em chamas, aniquilando cidades, os mares revoltados que matam lugares e pessoas, os terremotos que rasgam e tragam metrópoles inteiras, os vendavais uivantes que com tormentoso sopro da morte varrem o que não presta da face da Terra, as chuvas que choram em colossais trombas d'água causando destruição e morte em grandes enchentes e deslizamentos... Ou seja, colhem exatamente o que merecem colher... Quem mandou vocês mudarem o que nunca deveriam mudar?... Construírem onde nunca deveriam ter construído?... Destruírem o que nunca deveriam ter destruído, emporcalhando tudo onde antes só havia limpeza?
     Para os Espíritos de Bem, levados ou que possam ser levados por estes frutos (impossível de tornar tais consequências seletivas), uma certeza... Foram bons e serão conduzidos para um lugar melhor (protegidos da indesejável presença de certos humanos de Mentira).
     Temam vocês, imbecis covardes. Gemam suas dores diante das grandes calamidades e tragédias... Tenham certeza de seus destinos dolorosos. Não precisarão mais de suas hipocrisias para clamarem por Justiça, vocês certamente serão julgados por maus-tratos e assassinato de uma Mãe Amorosa. Sua sentença (Culpados sem direito a recurso), sua condenação (O eterno sofrimento). Faça-se cumprir. Publica-se no Diário Universal.
     Pensavam que iriam sair impunes, os idiotas...?
Pin It
Atualizado em: Sex 4 Set 2020

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222