person_outline



search

Solidão - O Retorno

Se me pedir para voltar, eu volto! Com toda a segurança de quem nunca deveria ter partido, com o orgulho de quem retorna com a cabeça arguida e peito cheio, como se fosse um pavão desfilando na avenida. Eu sei que isso acontecerá logo logo. Sempre fui sua companheira inseparável, aquela que te deu a mão e nunca a soltou.

Pois bem, meu bem... Dias claros e risonhos se abriram para você, promessas e lábios doces tocaram seu coração. O sol brilhou muito mais do que você esperava, mas ele se foi. O coração voltou a doer, as lágrimas encheram seus olhos e alma. E eu estou prestes a voltar. Percebe como eu sempre tive razão? Quem nasceu para melancolia, não sabe viver na alegria, sempre volta para os braços da solidão.

Pin It
Atualizado em: Qua 8 Maio 2013

Deixe seu comentário
É preciso estar "logado".

Curtir no Facebook

Autores.com.br
Curitiba - PR

webmaster@number1.com.br

whatsapp  WhatsApp  (41) 99115-5222